publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 08 Março , 2010, 02:16

Em boa hora a Câmara, através do seu Departamento de Cultura, trouxe a Arganil uma banda de Jazz formada por estudantes de uma Universidade do Japão que, no Salão Nobre do Edifício do Município, apresentou um concerto que surpreendeu pela alta qualidade musical.

Muitos destes jovens nipónicos exibiram-se em solos de saxofone, demonstrando uma performance admirável, apesar da sua condição de músicos amadores.

Algumas das peças que apresentaram, sempre com o ambiente jazístico a caracterizá-las, tinham uma batida rítmica latina (salsa e samba), que contagiou o público que encheu o salão, seduzido ainda pela empatia criada por todo o grupo.  

Aplaude-se por isso o Departamento de Cultura por esta iniciativa, a qual acaba por provar que há público em Arganil em número que justifica um maior investimento em  manifestações como esta no âmbito do Jazz, consideradas como menos apelativas ao chamado grande público.

 

Nuno Espinal  

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 08 Março , 2010, 00:17

Ao “Nas Tílias à Conversa” chegou a seguinte mensagem a propósito do aniversário de uma mãe:

 

mãe, tenho pena. esperei sempre que entendesses

as palavras que nunca disse e os gestos que nunca fiz.

sei hoje que apenas esperei, mãe, e esperar não é suficiente.

 

pelas palavras que nunca disse, pelos gestos que me pediste

tanto e eu nunca fui capaz de fazer, quero pedir-te

desculpa, mãe, e sei que pedir desculpa não é suficiente.

 

às vezes, quero dizer-te tantas coisas que não consigo,

a fotografia em que estou ao teu colo é a fotografia

mais bonita que tenho, gosto de quando estás feliz.

 

lê isto: mãe, amo-te.

 

eu sei e tu sabes que poderei sempre fingir que não

escrevi estas palavras, sim, mãe, hei-de fingir que

não escrevi estas palavras, e tu hás-de fingir que não

as leste, somos assim, mãe, mas eu sei e tu sabes.

 

Com Muito AMOR E CARINHO

Manuel Ribeiro et Laurine

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Março 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





pesquisar neste blog
 
subscrever feeds