publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 16 Fevereiro , 2010, 13:23

Na foto, tirada na esplanada do Café Central, a presença de Dª Mariete, a única a olhar para a objectiva.

 

Há cerca de um mês foi recebida, no espaço “Tílias À Conversa”, a seguinte mensagem de solidariedade para com a Srª Dª Mariete Lourenço:

Venho desejar as melhoras da Sra. Mariete, esposa do Sr. Albano. Espero que regresse brevemente ao Café Central pois tenho a certeza que muita gente amiga tem sentido a sua falta.

Receba um grande beijinho,

Manuel Duarte

 

Provavelmente, tendo tido conhecimento desta mensagem, uma senhora que se encontra na Suíça, de nome Adelaide, põe ao Miradouro a seguinte questão:

 

Olá, sou neta da senhora adelaide regadas.. ainda devem se lembrar de mim..

tou neste momento na suiça..

mas com muitas saudades daí.. gostaria de saber o que se passou com o senhor albano e mulher...

obrigado.

beijos e as melhoras.

 

Do que apurou, o Miradouro pode informar o seguinte:

 

A Srª Dª Mariete Pereira Vieira, actualmente com 79 anos de idade e esposa do Sr. Albano Lourenço, foi vítima de uma queda, por altura do natal, que teve consequências gravosas ao nível de uma das pernas, a ponto de a ter obrigado a estar imobilizada, com fortes dores, durante vários dias. Actualmente faz tratamentos de acupunctura e tem experimentado algumas melhoras, continuando, contudo, a permanecer em casa. Brevemente, no entanto, espera-se que possa regressar ao café, o que corresponderá a um desejo de muitos dos amigos da família e frequentadores daquele espaço.  As melhoras da Dª Mariete.

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 16 Fevereiro , 2010, 10:02

Fui aos fados a Coja. Em dia dos namorados (ou melhor – em noite de namorados), tudo se proporcionava a uns momentos passados num adequado ambiente de fadistice. De facto, a rusticidade do restaurante “Lagar” conformava a uma certa tipicidade fadista. O próprio grupo de intérpretes (muito bom o guitarrista) tinha garra e alma e os fados a serem cantados, populares e na ponta da língua, eram o móbil amoldado ao incandescer de sentimentos e atmosfera do fado.

Só que a noite gélida não estava para fados. E por mais aquecimentos que se espalhassem no velho espaço do lagar, a frialdade da noite imporia sempre algum desconforto nas cerca de seis horas seguidas ali passadas.

Mas, mau grado o frio sentido, não deixou de valer a pena. Pelos fados e pelas iguarias que a cozinha do lagar serviu.

E vem a propósito o registo de um comentário retirado da “net” que, de um artigo sobre “restaurantes em Portugal“, elege o “Lagar” com a nota 8 (para um máximo de 10) e tece a seguinte referência:  

Localidade: Arganil (Côja)

Restaurante: Lagar do Alva

 

Preço ($ a $$$$): $$

 

Nota 2009: 8

Nota 2008: 8

 

Restaurante localizado na simpática vila de Côja, a cerca de 12 kms de Arganil. Nesta simpática vila da Beira Interior, surge-nos este restaurante construído onde antes funcionava um lagar. Comida típica muito saborosa na qual se recomenda a chanfana, as febras de javali grelhadas, o tornedó de veado, o bacalhau e o polvo à lagareiro. O senão deste restaurante é o atendimento deficiente por parte dos empregados. Pouca simpatia, pouco esclarecimento perante dúvidas dos clientes e alguma má vontade.

 

Está numa bonita e ainda pouco explorada região da Beira. Se puder "dê um saltinho" à aldeia histórica do Piódão, conhecida como "A Princesa da Serra". Não se vai arrepender! Ainda no concelho de Arganil, aproveite para passear pela natureza visitando a cascata da Fraga da Pena e fazendo uma caminhada pela Mata da Margaraça.

Garanto-lhe que com estes passeios, a desintoxicação dos ares da cidade é garantida!

 

 

Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 16 Fevereiro , 2010, 00:51

Um problema com a linha telefónica impediu-nos o acesso ao espaço “Notícias” para proceder à normal publicação diária.

Resolvido o problema retomamos as publicações conforme o esquema habitual.

Apesar de sermos alheios à situação surgida, não nos furtamos, contudo, a um pedido de desculpas aos leitores.

 

O Miradouro

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9

15

24
27



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds