publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 02 Fevereiro , 2010, 19:31

Sempre me fascinaram fotografias antigas. Há nelas mística, talvez fruto de todo o imaginário que envolvem, das viagens no tempo a que levam.

Mas, à parte este envolvimento, por vezes, quase sublime e poético, estas imagens antigas são, quantas vezes, bem mais prosaicas pela informação que prestam.

Não sei a data exacta desta foto. Mas, de acordo com a convicção de quem é seu dono, é garantido que não terá menos de oitenta anos. O que nela releva é o número de irmãos que naquela altura incorporavam a Irmandade. Presume-se que esta procissão integrava as comemorações da Festa da Senhora da Natividade a 8 de Setembro. Hoje, nesta procissão, o número de irmãos, já com mulheres incluídas, não é superior a vinte. Naquele tempo, só com homens, era superior a cinquenta.

Não houve quebra de fervor religioso. A razão é outra. A diminuição, acentuada a partir dos anos oitenta, do agregado populacional de Vila Cova.

 

Nuno Espinal           

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9

15

24
27



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds