publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 03 Janeiro , 2010, 10:37

Chuva e mais chuva. De quando em quando umas tréguas, mas de pouca dura e quase sem sol. Hoje, ei-la de novo, depois de uma sexta e sábado em que folgou. Persiste, persiste e, por ser tanta, torna-se causa de alguns efeitos. Por exemplo, o rio que corre rechonchudo, o chafariz de S. Sebastião que já jorra grosso e até, no terreiro do Centro de Dia, a velha ribeira de farto caudal a fazer jus ao seu nome.

Apesar de tudo, a chuva, ainda que muita, tem caído sem grandes estragos. Valha-nos isso! E, a ter de continuar, que continue assim.

 

Nuno Espinal     

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 03 Janeiro , 2010, 10:24

Infalivelmente, nos últimos anos, tem sido assim. No princípio de Janeiro, quase sempre no primeiro Sábado do ano, a Flor do Alva desloca-se a Aldeia da Nogueira para participar na festa anual da empresa “Construções Irmãos Peres”.

Muita animação, comida em “fartança “ e, sobretudo, um gesto de gratidão da Flor do Alva para com os “Irmãos Peres”, que são seus patrocinadores e amigos.

Fábio Leitão


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Janeiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
16

19




pesquisar neste blog
 
subscrever feeds