publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 23 Setembro , 2009, 09:32

Num apelo às fortes emoções que a Saudade nos desperta, mais um texto ilustrativo da magia que os anos sessenta nos provocavam e que o meu irmão Nuno, soberbamente, deu à estampa “in Miradouro de Vila Cova”.

Nem de propósito, acabadinho de ver o filme Aquele Querido Mês de Agosto, eis-me de novo num turbilhão de evocações, ilustradas pelas imagens desses lugares de eleição que nem o tempo nem a distância conseguem apagar. 

Quand vien la fin de l’été…, aquelas paixões que docemente haviam começado, darão lugar a uma tranquila saudade que a voragem do dia-a-dia inevitavelmente proporciona.

Mas ficaram para sempre as gratíssimas recordações daqueles intensos amores dos nossos verdes anos. Dessas músicas que a nossas memórias e o nossos corações gravaram de forma indelével e que nos despertam saudavelmente da voracidade dos tempos de agora.

Ah… aqueles queridos meses de Agosto!

Abraços.

Quim Espiñal

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Setembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17

20



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds