publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 07 Setembro , 2009, 10:05

Ouvi-os tocar “Oh malhão, malhão”. Depois arrancaram com um passe doble em direcção ao Chafariz de S. Sebastião. Por ser Domingo, percebi logo que era a Flor do Alva que regressava de uma festa. É sempre assim. Desde que cheguem a boas horas saúdam a terra com a sua música.

Este fim de semana estiveram em S. Miguel, (Sábado) onde colaboraram nos festejos da inauguração de um Lar de Idosos e em Aguincho, onde participaram ontem, Domingo, nas festas locais.

A chegada é sempre igual, surjam a nascente ou poente da estrada. Desfilam, tocam com destino à sua Sede, em Sebastião. Aguarda-os sempre povo que os ovaciona. Um espectáculo repetido do qual nunca perco pitada. Quando em casa, em rápido impulso corro até à varanda de onde os observo. Com a mesma curiosidade como se fosse a primeira vez. Ou, talvez, com a mesma emoção de sempre.

 

Nuno Espinal

Obrigado ao Fábio Leitão pela informação prestada

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 07 Setembro , 2009, 09:13

 

O espaço é um tanto exíguo para os muitos “stands” montados.  E como não parece haver outra opção em termos de espaço a solução poderia passar por reduzir o número de stands. Ora, a enveredar-se por esta resolução impedir-se ia a vinda de alguns expositores, com prejuízo para estes e para o público. Daí que, não havendo alternativas, a única solução, para todos os que pretendem evitar o incómodo de apertos, é visitarem a feira em horas de menor movimento. Basta para tanto que não acedam à feira às sextas e sábados à noite e em especial a horas de espectáculos.  

O que aconselhamos os leitores é não deixarem de ir à feira. A Ficabeira é um mostruário de algo do que se vai fazendo, em termos produtivos, no concelho, inclusivamente na área do artesanato, representada, entre outras, por um stand da freguesia de Vila Cova, que exibe trabalhos do Sr. Procópio Gageiro, de Casal de S. João, em pedra recolhida na Serra dos Candeeiros. A não perder!

 

NE

 

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Setembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17

20



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds