publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 19 Julho , 2009, 18:55

Um leque de ofertas variado para estas noites de fins de semana na região. Venda do Porco, Coja e também Vila Cova. Na nossa casa do Povo houve teatro. O grupo “O Bosque” de Arganil levou à cena a peça “Sapataria Feliz”. Um curto enredo desenvolvido de um texto escolar. Emergem personagens da nossa história e contemporaneidade mediática, com os seus temperamentos e maneirismos. A rudeza de Afonso Henriques, a sensibilidade de Pessoa (com os heterónimos Alberto Caeiro e Ricardo Reis), o “basismo” de Eusébio e a futilidade de Lili Caneças. Um texto apontado, na essência, para jovens estudantes, mas que não deixa de cativar públicos de outros estatutos e interesses.

 

Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 19 Julho , 2009, 07:14

Em Coja também houve noite de fado. Mas fado de Coimbra. A Praça cheia e público em adesão total. Homenageava-se Victor Nunes, em iniciativa da Junta de Freguesia local. Vieram “tunos” de Coimbra, ouviram-se fados tradicionais.

Jovens é que nem vê-los. O que não é preocupante. Também passei pelo mesmo. Depois virá o amadurecimento e a qualidade hão-de esmerar os gostos. Afinal a “experiência é a madre de todas as coisas”.

 

Nuno Espinal (texto) e Andreia Tavares (fotos)

 

 


comentários recentes
Mais um homem bom que nos deixa. Há tempo que não ...
A perda de um amigo e a amigo da minha família, de...
Publiquei um comentário sobre o meu tio Zé, não ch...
Tio Zé Torda , descanse em paz e que DEUS o pon...
Tio Zé Torda, descanse em paz e que Deus o ponh...
Caro Dr. NunoFoi sem dúvida uma tarde e uma noite...
Sinceros sentimentos pelo falecimento do Tó Man...
Não foi de Covid
DISTÂNCIA/SEPARATISMO DOS PARASITAS-HORRORIZADOS c...
Foi de Covid-19?
Julho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11





pesquisar neste blog
 
subscrever feeds