publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 09 Julho , 2009, 23:23

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 09 Julho , 2009, 00:29

 

Julho em pleno e já a invasão “lisboeta” se compunha. Depois, chegava Agosto e era o clímax do “mundanismo” veraneante em Vila Cova. Eram tempos das décadas de cinquenta e sessenta. A “Malta”, tanto a sénior como a júnior, atravessava as horas nos ócios elegidos dos seus interesses.

Os mais velhos, por exemplo, eram useiros em afamados convívios gastronómicos. Chamavam-lhes “patuscadas” e sediavam-nas ora em aprazíveis recantos em Vila Cova ora em locais mais longínquos, como sítios altaneiros lá da Serra de Estrela. Entretanto, surgia Setembro e, aos poucos, iam escasseando os visitantes. Em Outubro nem um já restava.

E os sinos das velhas torres a compassarem de novo a pacatez mágica da vivência campesina de então.

                                             

Nuno Espinal    

 

 


comentários recentes
Caro Sr. Avelar: obrigado pelo seu comentário. Apr...
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
" Ser Poeta ė ser mais alto...(Florbela Espanca)Qu...
Caro Nuno: Gostei muito. Aliás não esperava outra ...
Demasiado jovem para partir.Que descanse em paz.
Sentidos pêsames a toda a família. Muita força e c...
Boa tarde. Qual é o valor em ml de 2/5 de azeite?
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Julho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11





pesquisar neste blog
 
subscrever feeds