publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 17 Junho , 2009, 00:01

-Até faz doer os olhos…

 

O ancião percorria um a um alguns estragos e deteriorações no interior da velha Igreja Matriz, com olhos de tristeza a avultarem-lhe o lamento.

 

-Até faz doer os olhos… repetia.

 

As palavras fluíam no silêncio e enredavam-no em altar de reverência, dando-lhe majestade e respeito, a que, sem vacilar, anuí.

 

Nem fui o único. Outros, uns tantos, traduziam na expressão esse sentimento. 

 

A Igreja, a velha Igreja Matriz a degradar-se ano a ano. De quem a culpa? De uns mais, de outros nem tanto, digo eu. Mas…e a Fábrica da Igreja? Tanta passividade, tanto alheamento, tanto cruzar de braços!...

 

O velho ancião, entretanto, pôs-se a caminho. Vergado no peso dos anos, altivo no peso do saber. E ainda disse: -Talvez um dia!

E lá foi…  

 

 

Nuno Espinal 

 

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9



29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds