publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 08 Junho , 2009, 08:31

Em Vila Cova e demais região, o casamento, conforme a tradição dos últimos anos, comporta várias fases e, aparte a cerimónia religiosa, todas elas estão relacionadas com “comida”.

 Antes da missa nupcial temos a “dejua”, ou seja, uma espécie de desjejum, servido aos convidados em casa dos pais ou da noiva ou do noivo, conforme a sede de origem do convite. Depois da missa vem, como é uso em toda a parte, o grande banquete ou boda. Mas as “festividades” não se ficam por aqui. No dia seguinte ao da celebração do matrimónio, noivos, família e convidados juntam-se para uma refeição em que tradicionalmente é servido um prato caseiro e se aproveitam iguarias da véspera.

Nos rescaldos destes “comeres e fartares” ganham-se, fatalmente, uns bons gramas, para não dizer alguns quilos.

É no local de realização do grande banquete que se verificam, contudo, alterações relativamente ao que era uso aqui há uns anos, já que nos tempos que correm é prática serem restaurantes, por vezes localizados em grandes quintas, a servirem a boda, com programas e cenários adequados e a reterem os convivas durante várias horas.

Enfim, a globalização e outras disponibilidades financeiras a igualizarem procedimentos de costume citadino, ainda que, em Vila Cova, como de resto em localidades da região, haja estas particularidades que são a “dejua” e o repasto do dia seguinte.

 

É deste repasto, em que os trajes já são totalmente informais, a contrastar com os de véspera, marcados estes por um toque de chique, afeito, como é óbvio, à circunstância, que apresentamos fotografias relativas ao casamento dos Dr(s).  Miguel e Tânia, a quem renovamos votos de felicidade.

 

 

Apontamento: Nuno Espinal

Fotos: Manuela Antunes

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 08 Junho , 2009, 00:08

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9



29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds