publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 16 Março , 2009, 23:55

 

Luís Vilas Boas estava ligado a Vila Cova por via do casamento. Conhecia-lhe a figura desde os meus 15 anos e só mais tarde tive consciência da sua importância pública, como homem da cultura. “O quê, aquele senhor dos festivais de Jazz de Cascais é o Vilas Boas que vai a Vila Cova no Verão?” De facto era ele mesmo. Conversei diversas vezes com ele. Idealista, um tanto lunático, era um poço de saber em Jazz. Tornei-me um amante de Jazz por via do “entranha-se” depois do “estranha-se” e muito deste superior gozo devo-o ao Luís Vilas Boas. Uma das últimas grandes lições que tive de Jazz foi aquando da inauguração de um restaurante em Carcavelos do meu amigo Toneca (António Gabriel de Almeida). Estive seguramente à conversa com o Vilas Boas umas duas horas, os dois encostados a um balcão, já lá vão uns quase vinte anos. Lembro-me de ele me ter dito:”Eh pá, em Vila Cova, naquele espaço junto ao rio, (Várzea) podia fazer-se um grande festival de Jazz. Temos que pensar nisso.” Fiquei entusiasmado, mas nada mais se passou senão isso. Entretanto, o Luís Vilas Boas adoeceu e faleceu há 10 anos.
O Hot Clube recordou-o com alguns eventos, no décimo aniversário da sua morte. Mas Vilas Boas merecia mais. Portugal e a sua cultura devem-lhe muito.
E ainda hoje penso que se Vilas Boas fosse vivo e a sua ideia fosse avante quanto Vila Cova não teria ganho.
 
Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 16 Março , 2009, 02:52

A notícia até custa a dar. Sempre nos habituámos a vitórias do Vilacovense e uma derrota (e logo nesta “poule” da distrital de Coimbra) com uma equipa que nos é inferior custa um tanto a digerir.

E tanto mais difícil se torna quanto, segundo rezam as crónicas de quem ao jogo assistiu, o golo da equipa adversária nasce de um equívoco do árbitro, mesmo no final do jogo.

Claro que ainda há muitos pontos por discutir e este percalço poderá vir a não ter qualquer importância. Por isso vamos a manter a confiança e, sem a mínima vacilação, vaticinar muitas vitórias nos restantes jogos que se depararão ao Vilacovense.

 

Nuno Espinal

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9


22
24

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds