publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 20 Janeiro , 2009, 02:20

augusto

 

Era um homem de estatura baixa e por isso havia quem se lhe referisse como o “Augustito”. Ma se na altura ficava um tanto aquém da média, tinha predicados que o guindavam a um estatuto de respeito e admiração.
Por exemplo, enquanto músico era exímio e impôs-se como dos melhores de entre os que, em Vila Cova, mais se afirmaram desde sempre na Filarmónica. Recordo-o bem no saxofone, a dar cartas na Flor do Alva. E é como integrante do “concerto” que a sua imagem mais se me contorna na memória. Do “sax” saíam-lhe, com perfeita afinação, melodias com a facilidade de quem logo, à primeira, as assobia. De facto, um músico natural, de muito ouvido…
 
Faleceu há dezessete anos o Sr. Augusto Gabriel dos Santos e se hoje fosse vivo contaria noventa e dois anos de idade. A viúva, Dª Emília, vive em Lisboa com a filha Celeste. Dos outros dois filhos o Manel já não é vivo, faleceu novo na África do Sul, enquanto o Fernando reside em Oliveira do Hospital.
 
Entretanto, foram nascendo do Sr. Augusto vários netos, que não tiveram o privilégio de conhecer o avô. Mas, de uma coisa estaremos seguros. Têm razões para evocar o avô com o maior dos orgulhos…
 
 
Nuno Espinal
 

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13

19
23

26


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds