publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 08 Janeiro , 2009, 15:42

 

Na noite de ontem, dia 7 para 8, o edifício do Centro de Dia de Vila Cova foi assaltado, tendo o(s) larápio(s) subtraído cerca de mil e trezentos euros em dinheiro, que se encontrava, parte, guardado no cofre das instalações, que foi arrombado e que estava incrustado numa das paredes. Os assaltantes revolveram gavetas e armários, deixando o chão do gabinete de trabalho do edifício cheio de papéis e dossiers.
A porta de entrada do edifício foi arrombada, ao que se presume, com um pé de cabra.
A GNR já tomou conta do acontecimento, aguardando-se a esta hora a chegada de elementos do Departamento de Investigação Criminal, que irão recolher indícios do acto de rapina ocorrido.

Entretanto, nesta mesma noite foi ainda assaltado o Centro de Dia de Anseriz, de onde também foi roubado dinheiro.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 08 Janeiro , 2009, 01:20

 

Maio ainda vem longe.
Mas, manda-me o aviso, enquanto Provedor da Santa Casa, que me acautele. E isto porque no ano passado o dia e os dias de fim de semana imediatamente procedentes ao dia 3, dia em que se comemorava a Festa de Santa Cruz, não tinham livres a Flor do Alva, por compromissos já assumidos. E festa em Vila Cova sem a Flor do Alva é coisa desenxabida. Ora, acontece que este ano o dia 3 de Maio ocorrerá a um Domingo. Tudo se conjuga para que a Festa se possa realizar no próprio dia da Tradição. Daí que, de sobreaviso, já tenha convidado a Flor do Alva. 
 
O que muitos vilacovenses não sabem é que o dia 3 de Maio não é o dia que a Igreja oficializa como o dia de Santa Cruz. É sim 14 de Setembro, desde há alguns anos, que o calendário da Igreja Católica assinala como sendo o dia da Santa Cruz.
E vem a propósito transcrever parte de uma Acta de uma reunião da Mesa Administrativa da Santa Casa em que o assunto foi abordado. E concluir que naquela altura a força da tradição era mesmo uma força.
 
Aos três dias do mês de Abril de mil novecentos e setenta e três reuniu a Mesa da Santa Casa e os irmãos convocados a fim de tratarem os seguintes assuntos:
Primeiro: Tendo sido apresentado pelo Pároco da Freguesia, Reverendo Januário Lourenço dos Santos, que o dia de Santa Cruz, em 3 de Maio, fora mudado liturgicamente e não podendo fazer-se a festa como em anos anteriores, para a Mesa e Irmãos escolherem outro dia, estes não concordaram com outro dia, sendo da opinião que se assinalasse o dia três de Maio com uma Missa rezada.
/…/
 
 
Nuno Espinal

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13

19
23

26


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds