publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 05 Janeiro , 2009, 03:28

Aceita os desafios na convicção de que são eles a maior motivação para alcançar objectivos. Depois utiliza capacidades pessoais das quais relevam as tenacidade e intuição e mete-se a caminho com um verdadeiro espírito de corredor de fundo. Foi com estes e mais predicados que tirou a “Flor do Alva” de uma morte que, há cerca de três anos, já estava anunciada.
Hoje a Flor do Alva é, e compreensivelmente, um verdadeiro orgulho dos vilacovenses.
Claro, há todo um trabalho de equipa. E na equipa os maestros atingem lugar de destaque e são peça fundamental do sucesso. Mas se a Filarmónica concitou, nos tempos que correm, aplauso generalizado, de entre os que têm contribuído para o seu êxito um há a quem, por justiça, não se pode escamotear o primado: Zé Raimundo.
Um agradecimento e este reconhecimento que merecidamente lhe tributamos.
 
 
Nuno Espinal

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13

19
23

26


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds