publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 02 Novembro , 2008, 22:56

O Vilacovense soma e segue. Em três jogos 9 pontos, 12 golos marcados e apenas 1 sofrido. Que venha o próximo.

 

(crónica do jogo mais tarde)

 

 

Notícia: Fábio Leitão


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 02 Novembro , 2008, 11:33

 

Olá Nuno
 
Tive pena que não estivesses hoje em Vila Cova.
Hoje o ponto de encontro não era nas tílias nem no café...mas sim no Cemitério.
Caiadinho de novo pela Junta de Freguesia, eram tantas as flores e as luzes nas campas!
E quando para lá me dirigi, pelo entardecer das 6 horas, fui encontrando todas as pessoas que, nem que seja pelo menos neste dia, rumaram até lá e lembraram os seus familiares e amigos
Andámos em todas as campas, acendendo as velas, ajeitando as flores, relembrando os que partiram. Acendemos algumas velas naquelas que já não têm ninguém para o fazer.  
 
Gostei especialmente da maneira como uma campa estava decorada. Era tão simples. Não tinha arranjos de flores trazidos de qualquer florista especial nem rosas magníficas ou outro tipo de flores que chamasse a atenção: apenas uma simples cruz feita de florinhas da mesma côr e sem caule tendo o final da cruz um triângulo com o interior preenchido com outras de côr diferente e dispostas muito direitinhas. Tão simples e com tanto amor!
Como me lembrou a minha infância. Eram assim decoradas todas as campas.
 
Entretanto, alguém passou e lembrou as missas dos Fiéis Defuntos pelas 5 h da manhã. E foi o relembrar. Os sinos tocavam uma hora antes e toda a aldeia se levantava. Era das missas com mais afluência. Penso que ninguém ficava em casa. Um frio de rachar. O Padre Januário lá estava e seguia-se a procissão para o cemitério. Todos com velas, junto às campas dos seus familiares ou amigos.
Que momento! Uma emoção muitas vezes acompanhada de lágrimas!
 
 
E começava a amanhecer.... e sim, a padaria do Arsénio estava a laborar e lá ia tudo comprar o pãozinho para o pequeno almoço (uns papossecos tão quentinhos e com bicos) pois era dia de trabalho e eu tinha de ir para a escola da D. Anita ou da Gininha...
 
 
Texto: Guida d’Abranches Figueiredo
Fotos: Fábio Leitão
 
 
 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 02 Novembro , 2008, 11:23

A foto chegou-nos com a legenda: "Dia das Bruxas em Vinhó". Bruxas? Com estas tão bonitas caras não serão antes Fadas?

 

 

Foto:Hugo Lopes


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Novembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9

18

25



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds