publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 10 Agosto , 2008, 08:59

 

Longe vão os tempos em que grupos de passeantes, nas noites de Verão, percorriam, ora num sentido ora noutro, a estrada desde o barranco à casa da Dª Amélia.
 
Nesses tempos a televisão era ainda incipiente. Meia dúzia de televisores espalhados nos “cafés”, um único canal como opção, programas a preto e branco, pouco convidativos, alguns até sensaborões, impostos pelo crivo da moral e costumes salazaristas.
 
Hoje tudo é diferente. O número de aparelhos cresceu de forma impressionante. Cada lar tem um ou mais televisores. O número de canais optativos tem-se alargado à quase centena. Depois há ainda a Internete. Tudo junto cria como que um íman, que nos ata ao reduto caseiro.
 
Ontem estava uma noite aprazível. Saí à procura de cavaqueira, percorri a estrada na expectativa de um ou outro “compagnon de route”. Qual quê, nem um! Pois é, futebol na televisão e logo Benfica e Sporting!
 
Ah, quase esquecia! Um canito, talvez vadio, interpelou-me à procura de afagos.
 
 
Nuno Espinal  

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Agosto 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






pesquisar neste blog
 
subscrever feeds