publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 08 Agosto , 2008, 10:17

 

É um prazer ouvi-lo!
 
Educado, de boas maneiras, bom trato, Laurentino da Costa Marques é um exímio contador de histórias. As suas pausadas narrações são estendidas ao detalhe.
Reveste a história dos pormenores necessários e os quanto bastantes, e conta com comprazimento “cenas” da sua Vila Cova de outrora.
 
Esta Vila Cova já não é a minha…, diz-nos algo magoado.
Faltam-lhe os valores, a jovialidade, a solidariedade das pessoas daquele tempo!
Faz uma pausa, o silêncio enfatiza a tristeza, a saudade, o tom dorido com que o exclama.
 
Uma meningite, há uns anos, afectou-lhe profundamente a audição.
Hoje, por condição, é no monólogo que exprime a sua sociabilidade.
 
É um prazer ouvi-lo, repito.
Naquele tempo…e a “estória” nasce, cresce e torna-se um todo.
 
Uma a uma iremos registá-las, trazê-las ao Miradouro.
Obrigado amigo Laurentino!
 
 
Nuno Espinal
 

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Agosto 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






pesquisar neste blog
 
subscrever feeds