publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 13 Julho , 2008, 23:48

 

 

Vilacovense 6 Simpliporta 3
 
Em período de defeso, o Vilacovense não deixa de aproveitar um torneio de futsal que reúne algumas equipas da região e que está a ser disputado em Santo António de Alva numa organização da equipa local, procurando manter em actividade alguns jogadores e, de certo modo, preparando a nova época.
 
Na 1º jornada, que não foi noticiada pelo Miradouro por falta de informação, a equipa de Vila Cova foi derrotada por 6-3 pela formação da Percelada, considerada a que mais credenciais parece reunir à partida.
 
Já na segunda jornada, que se disputou ontem, o Vilacovense levou de vencida o Simpliporta, pelo resultado de 6-3.
 
O Torneio, que se disputa em St. António de Alva, já vai na 2ª jornada
 
O Vilacovense, que desta vez já pôde contar com toda a sua equipa, jogou bem, mostrou absoluta superioridade e construiu jogadas fantásticas, sendo incontestável o merecimento da sua vitória. Com esta vitória, o Vilacovense deixa tudo em aberto e para passar à fase seguinte só depende de si próprio. Cerca de duas dezenas de vilacovenses estiveram presentes em Santo António de Alva, dando um incessante apoio à aquipa.
 
Os golos de Vila Cova foram marcados por Bruno Brito (2), Marco António (3) e João Brito (1).
 
Constituição da Equipa:
 
Luis Filipe (guarda redes), António Cruz, Marco Almeida, Bruno Brito, João Brito, Marco António, Marco Paulo, Paulo Ribeiro e Fernando Nunes.
 
Massagista Fernando Figueiredo
 
Dirigente: Carlos Antunes
 
Treinador: José Nobre
 
 
Notícia: Fábio Leitão
 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 13 Julho , 2008, 21:10

 

O Fábio Leitão, um colaborador muito activo do Miradouro, enviou-me a informação referente a uma venda de rifas, as quais já estão a ser distribuídas, com o intuito de contribuir para o pecúlio de apoio à deslocação da Flor do Alva à Camacha.
 
Cada rifa pode ser adquirida pelo valor de 1 ”músico”. Ora, não é difícil de aceitar que, entre todos os filarmónicos, uns haverá que são distraídos, ou seja, há músicos que são um tanto ou quanto “aéreos”.
 
Ainda outro dia comprei um pente, em plena rua, a um vendedor, tipo ambulante, em negócio clandestino. Perguntei-lhe: “Quanto custa?” Respondeu-me: “É barato, 1 só aéreo.” E lá lhe dei duas moedas de cinquenta cêntimos.
 
Como diz o Povo: “Para quem é bom entendedor…”
 
Os prémios são:
 
1º Prémio- Toalha de Linho Artesanal
2º Prémio- Microondas
3º Prémio- Garrafa do Whisky
 
Já agora, deixo aqui um pedido aos meus amigos Raimundo e Fábio: “Reservem-me 20 rifas. Um abraço.”
 
 
Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 13 Julho , 2008, 02:09

 

O Bruno é um eclético percussionista da Flor do Alva. Bateria, bombo, pratos, ferrinhos, tudo pelas mãos lhe passa. E como homem avisado que é terá cogitado no velho ditado: “Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje”. E assim sendo não perdeu tempo, até porque a viagem à Madeira afinal não está assim tão longínqua. Consigo já tem a mala onde vai pôr a fardamenta da música e mais uma peças de roupa, as bastantes para aqueles dias na Camacha. Começaram os preliminares da viagem, vivem-se em pleno os ditosos momentos de quem para a Festa já caminha.
 
Notícia: Fábio Leitão

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Julho 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17

24

28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds