publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 09 Maio , 2008, 23:56


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 09 Maio , 2008, 22:03

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 09 Maio , 2008, 00:24

 

 

Em 1912 o movimento demográfico na freguesia de Vila Cova registava uma taxa de natalidade elevada pois tinha contabilizado 38 nascimentos. Daqui a uns anos, mantendo-se as actuais projecções, será preciso porventura quase um século para que tal taxa se verifique na freguesia.
Por isso, é caso para se deitarem foguetes quando, actualmente, um nascimento atribuído a Vila Cova acontece. “Atribuído” e não “ocorrido” já que as políticas de saúde de agora, fora casos de excepção, assim o proporcionam. E assim aconteceu com a Leonor Gabriel Fonseca, cujo nascimento se verificou na Maternidade Daniel Matos, em Coimbra, mas cuja naturalidade vai ser atribuída, por certo, a Vila Cova.
Saudemos, pois, a nova vilacovense, que veio ao mundo com 3,150 quilos e 47 centímetros de comprimento. E saudemos também os pais, Ana Sofia Gabriel Paiva Fonseca (vilacovense) e João Pedro Marques Fonseca.
As maiores felicidades para os três.
 

 

 

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Maio 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





pesquisar neste blog
 
subscrever feeds