publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 01 Maio , 2008, 00:25

 

 

As aldeias beirãs, que sobreviviam baseadas nos rendimentos do sector primário (agricultura, animais, etc.), foram gradualmente dependendo de outras fontes de rendimentos, com a afectação da sua população activa a empregos ligados aos serviços, ao comércio e à indústria. A velha loja das habitações, onde se recolhiam animais, alfaias agrícolas e géneros retirados da terra, acabou por perder a sua razão de existir. O aspecto das habitações alterou-se significativamente. Novos materiais de construção retiraram em definitivo o aspecto marcante das velhas casas de xisto, por vezes com escada exterior e o alpendre a encimá-la. Vila Cova não fugiu à regra. E o confronto entre as fotografias que publicamos, da castiça e típica Rua do Outeiro, (a foto antiga é dos anos 40) é bem revelador de diferenças entre outros tempos e a actualidade.
 
 
 
Nuno Espinal                                                                                       

comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Maio 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





pesquisar neste blog
 
subscrever feeds