publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 24 Março , 2008, 01:05

Restam ainda alguns (poucos) dos muitos que de “fora” vieram passar uns dias a Vila Cova, aproveitando estas mini férias da Páscoa. Mas, a grande debandada verificou-se hoje. Agora talvez apareçam no S. João, ou ainda no Verão, ou pelos Finados, ou, quem sabe, pelo Natal. E há ainda que espreitar o calendário e aguardar o privilégio de um fim de semana prolongado.
As coisas, de facto, estão diferentes. Antes as vindas eram quase sempre por um mês, no Verão, a preferência a apontar para Agosto. Agora a tendência é para repartir as vindas ao longo do ano, por dias breves, uma semana, quando muito, não mais. Mas há casos especiais. Os de Coimbra, que subiram em número e agora já são muitos, vêm quase todos os fins de semana. Nem se estranham, as suas presenças são um hábito.
Em todo este novel cenário, as razões que o explicam dizem-se pelas facilidades de mobilidade, por mercados de lazer e turismo que se abriram, por outra racionalidade dos dias de folgas que se proporcionam  
E nesta contabilidade de vindas e idas, nestes “picos” de presenças que aguarelam a pacatez do viver do dia a dia, Vila Cova permanece imutável na sua hospitalidade de ontem, de hoje, afinal de sempre.    
 
 
Nuno Espinal

comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Março 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
14

17

26
29



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds