publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 15 Fevereiro , 2008, 23:52

A plateia, muito composta e atenta, não perdeu pitada da história que foi contada pelo Técnico de Acção Social da Biblioteca de Coja. Uma história, “a galinha dos ovos de ouro” que, à boa maneira dos contos populares, tinha, em substrato moral, uma ilação a tirar: “quem tudo quer tudo perde”.
Já antes tinha, aquele técnico, feito uma breve exposição sobre as intenções daquela “biblioteca”, que uma vez por mês visitará as Instituições de Solidariedade Social do Concelho, para proporcionar “um dia diferente aos idosos”, com leituras de textos apropriados, exibição de filmes em vídeo e outras acções lúdicas.
Desta feita o filme visionado, para fechar o programa da tarde, foi o popular “Canção de Lisboa”, filme que, ainda que já antes visto, é sempre recebido e revisto com o maior agrado.
Mas, filme a fechar o programa da tarde? De facto, não foi bem assim…é que o fecho desta agradável sessão fez-se sim mas com um bom lanche, em que não faltaram os suculentos “Bolos à Santa Casa”, superiormente confeccionados pela Chefe da Cozinha, Dª Lizete Lourenço.
 
 
 
Carla Marques



publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 15 Fevereiro , 2008, 19:21

 

Grão a grão enche a galinha o papo, julgo que este provérbio assenta que nem uma luva neste repto. Com o pouco de todos, que ainda por cima não dói a ninguém no singular, só no plural (só ao Estado, mas como o Estado somos todos nós, para mim não faz diferença nenhuma).
Da minha parte a SCM de Vila Cova, vai ter a minha pequena contribuição (ás vezes é por falta de informação que uma pessoa não faz nada, mas que poderia fazer algo) por mais pequena que seja, mas será com sentimento.
Que muitos, eu quando digo muitos é mesmo muitos, pois se a mensagem for divulgada, de uns para outros, talvez, mas mesmo talvez, se faça a pequena diferença, por mais singela que seja. Eu vou passar a palavra.

Artur Leitão
 
 
Número de Identificação de Pessoa Colectiva da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Vila Cova de Alva: 502 366 150.
 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 15 Fevereiro , 2008, 00:15
Lançado o repto, aqui estou a dar o meu apoio a esta iniciativa de destinar 0,5% do IRS que vou pagar, para reverter a favor da Santa Casa da Misericórdia de Vila Cova do Alva. Não nos traz acréscimos alguns. E digo isto por conhecimento próprio, já que anteriormente os destinava a outra instituição.
Mas Vila Cova do Alva provoca-me apelos emocionais e, dado tratar-se de uma causa nobre, não hesito em apoiar esta iniciativa. Se todos nós reservarmos essa pequena parcela (pequena no meu caso), se formos muitos, é claro que o "bolo" terá alguma monta.
Portanto, amantes de Vila Cova, vamo-nos unir em torno desta causa, para que as pessoas que venham a necessitar do apoio social da instituição possam ter assegurada uma velhice digna e rodeada de conforto. A nossa consciência decerto rejubilará quando estivermos perante os resultados desta iniciativa. Parafraseando alguém, "quando os Vilacovenses querem" a obra nasce.
Um abraço a todos do Quim Espiñal.
 
Número de Identificação de Pessoa Colectiva da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Vila Cova de Alva: 502 366 150.

comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Fevereiro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9


20

25
28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds