publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 09 Novembro , 2007, 23:02

Quando um dia, na sala dos serviços administrativos da Santa Casa, estava ocupado com uma qualquer tarefa, alguém irrompeu de repente e interpelando-me de modo determinado e vigoroso, quase vociferou:
-“O Sr. é que é o Provedor? Estou aqui para reclamar. O comer que me levam a casa não chega. Exijo mais.”
Confesso que fiquei um tanto atordoado, já que o interpelador me surpreendeu, não só pela sua intempestividade, como, apesar da idade, pela energia e vozeirão.
Refeito do impacto inicial, lá consegui saber da identidade. Tratava-se de um utente do apoio domiciliário, de Vinhó.
 “Albertino Antunes, não me conhece? Tenho 84 anos”.
Normalizado o meu estado emocional, lá foi possível algum diálogo.
-“Oh Sr. Albertino, confesso que não percebo. Toda a gente elogia o comer do Centro de Dia e nunca ninguém se queixou da quantidade…”
-“Mas, eu por mim também não me queixo. Para mim até chega…o problema é o meu cão…não quero que passe fome.”
Foi, para mim, e para quem não seria, o segundo atordoamento do dia e logo de rajada.
-Comida para o cão Sr. Albertino? Do Centro de Dia?
-Claro, o Farroscas é a minha companhia…
 
Confesso que um rápido clique me fez entender o Sr. Albertino. Só que o coração terá solidariedades que o Estado não pode ter.
 
Hoje o Sr. Albertino fez 85 anos de idade. Muitos Parabéns, amigo, conte muitos mais…e, já agora, o Farroscas também.
 
 
 
 
 
Texto: Nuno Espinal  
Fotos: Carla Marques
 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 09 Novembro , 2007, 16:02

Cerca das 15 horas, deu entrada nos HUC a Srª Dª Fernanda da Silva Caetano, vítima, ao que fomos informados, de um AVC.

A Srª Dª Fernanda Caetano tem 86 anos de idade, é utente do Centro de Dia e mãe do Sr. Fernando Caetano, residente em Coimbra.

Desejamos rápido restabelecimento.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 09 Novembro , 2007, 14:37

“Em Diário das Beiras”
 
 
 
 
Feira Franca em expansão anima S. Martinho da Cortiça
 
S. Martinho da Cortiça anima-se este fim-de-semana com a Feira Franca. Com quatro dezenas de expositores de artesanato, diversas actividades paralelas e muita animação, a feira é um motivo para visitar a freguesia.
Em S. Martinho da Cortiça, concelho de Arganil, decorre este fim-de-semana a 21.ª edição da Feira Franca, que tem como principal objectivo promover a freguesia e a região.
O certame conta este ano com 40 expositores, de vários pontos do país, na Exposição de Artesanato, que se realiza no Pavilhão Gimnodesportivo, para além do habitual concurso de gado bovino, a animação musical e a “Tasquinha”, com pratos regionais.
De acordo com o presidente da Junta de Freguesia, Rui Franco, no ano passado estiveram presentes na feira 22 expositores, o que revela “um aumento quase para o dobro”. Por outro lado, no exterior do edifício decorre a feira tradicional e a maior exposição de máquinas agrícolas do concelho, havendo ainda muitas actividades de animação.
Rui Franco explicou que a Feira Franca começou a ser organizada pela junta de freguesia há 21 anos, altura em que ainda era presidente Eduardo Correia. “A pretensão é fazer com que as pessoas se desloquem a S. Martinho e conheçam as suas enormes potencialidades ao nível da indústria, artesanato e turismo”, afirmou, sublinhando que a feira tem vindo a crescer e “já está enraizada nos hábitos e costumes da região”.
De resto, este ano ficam “em lista de espera” oito ou nove expositores por falta de espaço, pelo que a organização está a ponderar a possibilidade de no próximo ano alugar uma tenda gigante, deixando o pavilhão para o artesanato e a gastronomia.

Vários sectores representados

Os expositores presentes representam vários sectores, desde “a olaria, cestaria, trabalhos em madeira, bijuteria, decoração e pintura”. Grande parte dos expositores são da freguesia de S. Martinho da Cortiça, S. Pedro de Alva, Pombeiro da Beira e restantes freguesias de Arganil, mas também vêm de zonas mais distantes, nomeadamente Cascais, Vila Nova de Gaia, Serpins, Tentúgal, Castelo Branco, entre outras.
O certame é organizado pela junta, contando com o apoio da Câmara de Arganil, sobretudo ao nível logístico, bem como de funcionários da freguesia e dos próprios habitantes.
Este ano “o programa é bastante diversificado”, destacou Rui Franco, enumerando a realização da feira tradicional, as diversões, o jogo de futebol do campeonato distrital do INATEL, entre S. Martinho da Cortiça e a equipa de Candosa, a animação musical e a gastronomia. No sábado de manhã decorre o concurso de gado bovino e os prémios servem de incentivo para manter esta tradição da Beira Serra entre os criadores de gado, referiu Rui Franco.
Tendo em conta a diversidade da feira, onde há lugar para o desporto, a cultura, as diversões, o artesanato e a gastronomia, o presidente da junta espera a presença de “milhares de pessoas” no certame ao longo do fim-de-semana.
 
 
Lurdes Gonçalves


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 09 Novembro , 2007, 00:06
O ameno sol deste já maduro Outono, que se teima em roupagens de Primavera, proporcionou este conjunto de fotografias, tiradas no terreiro da Santa Casa. Mas, para além da amenidade do dia, houve uma outra razão que chamou, hoje quinta feira, ao terreiro todos estes nossos amigos. Um magusto, que lhes foi exclusivamente dedicado.” Quentes e Boas” – houve quem dissesse. Mas mais do que castanhas assadas houve confraternização. Até porque, aproveitando-se a ocasião, cantaram-se os “parabéns” ao Sr. António Santos (Toneca), dirigente da Santa Casa, já que hoje foi dia do seu aniversário.
E a tarde lá se passou. Afinal, a  pretexto das castanhas uma tarde bem passada, poderia ser um dos títulos deste breve apontamento. E de facto foi bem passada. E para que o prazer se contagie a outros, (familiares e amigos especialmente) aqui deixamos este naipe de fotos com uma intenção: deliciem-se… 
 
 
 
 
 
Nuno Espinal/Carla Marques
 

comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Novembro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
16

23

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds