publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 01 Janeiro , 2007, 23:18

As fortes chuvadas caídas em Novembro provocaram um grande aumento do volume das águas do Alva, com cheias nunca antes vistas, pelo menos nos últimos 50 anos.
As cheias provocaram estragos em campos e casas situados nas margens do rio, estragos avultados na “ilha do picoto” em Avô, tendo a praia fluvial naquele local sido completamente arrasada.
Como nota positiva, estas cheias lavaram o caudal do rio, que se voltou a apresentar com águas aparentemente limpas, em contraste com o aspecto acastanhado e barrento que persistiu durante todo o Verão.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 01 Janeiro , 2007, 23:16

 Vila Cova, como de resto por todo o país, tiritou de frio durante a quinzena do Natal. As manhãs, matizadas de branco e cinzento, proporcionaram imagens surpreendentes e sugeriram o conforto das lareiras e o aconchego de bons agasalhos.

O termómetro, especialmente de madrugada, chegou mesmo a marcar os três graus negativos e zonas houve, menos expostas ao sol e mais húmidas, em que o gelo caramelizou e persistiu o dia inteiro tornando-se um risco para os condutores menos conscientes e mais desprevenidos.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 01 Janeiro , 2007, 23:15

Causou grande consternação na população o falecimento de Helena Gabriel Ribeiro Ferreira, de 26 anos, solteira, professora em Penela e a residir, actualmente, em Coimbra. Helena Ferreira, que na infância foi educada em casa dos avós, em Vila Cova, faleceu na sequência de um grave acidente de automóvel na estrada que liga Coimbra a Penela, em 13 de Dezembro. Era natural de Vila Cova e filha da Sra. D. Maria Helena Gaspar Ribeiro. O funeral realizou-se para o cemitério desta vila.

A população desta Vila também foi apanhada de surpresa pelo falecimento em Lisboa do Sr. Carlos Alberto Gaspar, de 62 anos de idade, casado com a Sra. D. Maria Lucinda Caetano Gaspar. O falecimento, ocorrido no dia 20 de Dezembro, foi devido a morte súbita relacionada com doença do foro cardíaco.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 01 Janeiro , 2007, 23:14

Integrada no campeonato da 1ª divisão do Inatel, a equipa de futebol do Grupo Desportivo Vilacovense disputou, no passado dia 17, no seu próprio campo (Campo José Rafael de Abranches Figueiredo) um encontro com o Formoselha, tendo-se o resultado saldado por um empate a 1 golo.
Este resultado acaba por não premiar o maior domínio exercido ao longo dos 90 minutos pelo Vilacovense, em especial na 2ª parte.
A boa exibição do guarda-redes do Formoselha ajuda, em parte, a explicar o resultado, ainda que não deixe de ser relevante que o Vilacovense continue a patentear uma menor eficácia produtiva a nível do remate.
A formação do Vilacovense apresentou a seguinte constituição:
Paulo, Nando, Quicas, Madeira e Luís Santos; Carlitos, Miguel, Bruno e Marco; Pataco e Florim.
Suplentes: Hélder, Fábio, Sérgio, Walter e Alex.
Treinador: José Carlos Abrantes Quaresma.
O próximo encontro do Vilacovense será no próximo dia 7 de Janeiro em Paradela, com a equipa local.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 01 Janeiro , 2007, 23:13

Estão diferentes os Natais em Vila Cova. Sinais dos tempos, é um facto.
A procissão de oferendas, o leilão e a missa do galo já são rezas de outra história.
As iluminações tremeluzentes e coloridas festejam as noites e são uma afirmação deste mundo global em que vivemos.
Para os que cultivam as tradições salvam-se alguns “cliques” de tempos de outrora: o cepo, a arder na Praça, e o presépio (o velho presépio), na Igreja Matriz. Por esta andar, até quando?


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 01 Janeiro , 2007, 23:12

Sem necessidade de recorrer aos “Censos”, é perceptível, pelo número de fogos que se encontram desabitados, a aumentar de ano para ano, que a percentagem de habitantes da freguesia de Vila Cova tem decrescido.
Por outro lado, o número de óbitos, na freguesia, nos últimos anos, tem sido maior que o número de nascimentos. Dai que a freguesia tenha perdido mais de 25% de população nos últimos 25 anos.
É, de facto, uma percentagem de decrescimento populacional bastante elevada.
Perante esta situação é sempre de saudar um nascimento.
Dai o nosso regozijo pelo nascimento, em 10 de Dezembro último, do Mauro dos Santos Oliveira. Aos pais, António José Fernandes Oliveira e Ana Teresa Santos as nossas felicitações.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 01 Janeiro , 2007, 23:07

O Natal é, fundamentalmente, a festa das crianças. Esta convicção levou a que o Presidente da Junta de Freguesia disponibilizasse uma verba para a compra de brinquedos, a serem distribuídos pelas crianças residentes e oriundas da freguesia de Vila Cova.
Para tal, a autarquia organizou eventos nas três localidades da freguesia onde fez a distribuição às crianças dos referidos brinquedos.
Em Vila Cova a festa decorreu no adro da escola e a confraternização teve a participação dos executantes da “escola de música”, que tocaram vários trechos musicais muito apreciados por todos os presentes.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 01 Janeiro , 2007, 23:04

Se a tradição já não é o que era, nos tempos que correm vai-se fazendo algo, de quando em quando, para que parte da tradição perdure. Muitos anos já são passados desde que a garotada, espontaneamente agrupada, no primeiro dia do ano, de casa em casa pedia as Janeiras.
Mudaram-se os tempos e mudaram-se as vontades. Mas, em Vila Cova a tradição vai ser reavivada. Numa feliz iniciativa da Direcção da Filarmónica “Flor do Alva”, os executantes mais novos vão-se agrupar e pedir as Janeiras ao toque de música.
Só que em vez das sacolas de pano que se avolumavam de frutos secos, bolos e bolachas, agora o peditório tem outros objectivos. Pedir-se-ão euros que serão bem-vindos para o apetrechamento do necessitado cofre da Filarmónica. Bom êxito no peditório.


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Janeiro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11

20




pesquisar neste blog
 
subscrever feeds