Clique para Ouvir
publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 29 Agosto , 2017, 09:06

001.JPG

Diz um velho provérbio que "só percebemos o valor da água depois que a fonte seca".

Talvez que, mais adaptado à realidade intramuros, possamos dizer: “percebemos melhor a dimensão da seca quando a Fonte de São Sebastião já nem água deita”.

Coisa nunca vista”, dizem os mais velhos, que sempre se habituaram, mesmo em períodos de secas de verão, a verem o velho chafariz deitar água, mesmo que um reduzido fio fosse.

Só que desta vez secou mesmo e os espaçados pingos que verte são como lágrimas a destacar este momento, menos bom, da sua penúria.  

“Que venha chuva e que caia em abundância!” – é o rogo que o bom senso exclama.   

E a chuva, que tanto auguramos, há de ressurgir o vigor do velho chafariz, tão benemerente nos tem sido nas funções que à água reclamamos.

 

Nuno Espinal  

 


comentários recentes
os meus sentimentos a família
É COM SINCERA TRISTEZA E DESOLAÇÃO QUE VEJO, TAMBÉ...
ola tenho saudades do meu António neves e um grand...
Estes comentários tão sentidos do Nuno e do Zé, es...
Adeus meu Querido Alberto. Obrigado pela tua amiza...
Meu sentinentmis à famílus.awuele amigo abraço ami...
Como sempre, texto a condizer com a realidade dos...
Tão lindos! Beijinhos e boas férias para todos.
Muito bem.abraço a tds vós amigos de longa data
Agosto 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

14
15
16
18
19

21
22
23
25

27
28
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds