Clique para Ouvir
publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 28 Fevereiro , 2017, 09:40

malta-1.jpg

 

Ora aí está o cartaz do X Encontro da Malta!

Um cartaz que se adequa à “Malta dos anos 60” pela temporalidade simbolista da imagem, que se refere ao filme “Música no Coração”, estreado em 1965.   

Mas, para além de poder marcar um tempo, o cartaz pode-nos ainda sugerir uma intemporalidade, porque o filme continuou (e continua) a ser uma atração, que se manteve e mantem desde então até aos nossos dias.

Outra das características que destacam este filme é a sua universalidade, devida essencialmente ao seu êxito musical em todo o Mundo, com as suas canções a serem sucesso transversal a todas as gerações.

Por todas estas razões o cartaz, pelo que simboliza, ajusta-se na perfeição a este “X Encontro”, já que é símbolo de um tempo, o da geração de 60, mas sem descurar gerações antecedentes e vindouras.  

De facto, os “Encontros da Malta” têm recebido essencialmente a Malta da geração de 60 e ainda de 70 (foi esse o seu inicial e principal propósito) mas têm recebido também todos os que a eles se queiram associar, independentemente das gerações a que pertençam, havendo inclusivamente “Encontros” que juntaram pais, filhos e netos.  

Autor do Cartaz? Claro, o nosso incontornável Henrique Gabriel, sempre disponível e criativo, a quem enviamos um grande abraço.

E aproveitamos uma sugestão do Henrique que acompanhou o envio do Cartaz, sugestionado, por certo, pela profusão de mulheres no mesmo. Reza o seguinte:

Caro Nuno:

Aqui vai!

Dedicado a um público mais Feminino...mas elas merecem!

Claro que sim, Henrique. Merecem tudo. As nossas “mulheres” de hoje, as nossas mulheres de sempre, as nossas “miúdas” de então, frutos das nossas paixonetas, nos saudosos tempos em que nos juntávamos em Vila Cova.

“Música no Coração”, pois que seja “Mulheres no Coração” e já agora, porque nós todos somos a Malta, “Malta no Coração”.

 

Nuno Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 26 Fevereiro , 2017, 20:26

Boa exibição do Vilacovense perante um Alvoco sem argumentos para contrariar a superioridade demonstrada pela nossa equipa. A lamentar a lesão de um jogador do Alvoco, que foi transportado de ambulância para o hospital, com suspeitas de rutura do menisco. Fazemos votos para que recupere rapidamente.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 25 Fevereiro , 2017, 07:04

DSCF0943-001.JPG

É já uma tradição o festejo de Carnaval que junta IPSS(s) do Alto Concelho, as quais protagonizam um desfile de máscaras, para além de outras ações com animação apropriada, que culminam com um lanche apetrechado de iguarias regionais, entre as quais o imprescindível bucho de Vila Cova.

Este ano a entidade anfitriã foi o Centro Paroquial de Coja, que recebeu foliões vindos da nossa Santa Casa, da Associação Humanitária e Social Casa do Povo Barril de Alva, da Casa do Povo da Cerdeira e Moura da Serra e do Centro Paroquial e Social da Benfeita.

O tema de fantasia escolhido pela nossa Santa Casa assentou numa recriação de “Alice no País das Maravilhas”, com os nossos utentes a representarem a célebre personagem do “Chapeleiro”, que na história tem a punição de beber, eternamente, chá. Daí que os nossos “marchantes” fossem identificados por uma cartola e uma chávena, símbolos representativos desta personagem. Participaram ainda nesta figuração a técnica de serviço social, Mónica Ferreira, que se mascarou de “Alice”, a animadora Fernanda Santana, como “coelho”, e as funcionárias do Centro de Dia, Manuela Antunes e Rosa Raimundo como “jardim/flor”.

O desfile decorreu na Avenida Central de Coja, desde a farmácia até ao lar novo do Centro Paroquial de Coja, e teve o apoio de uma carrinha, apetrechada de aparelhagem sonora. Além dos “Chapeleiros”, o desfile contou ainda com os Smurfs, recriados pelo Centro Paroquial de Coja, com os pintores e as suas misses, representados pela Casa do Povo da Cerdeira e Moura da Serra, vários espantalhos e ainda os figurantes da Associação Humanitária e Social Casa do Povo Barril de Alva, que adotaram um estilo livre de máscaras.

 

SAM_1141.JPG

DSCF0941.JPG

SAM_1130.JPG

SAM_1124.JPG

 

DSCF0935.JPG

 

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 23 Fevereiro , 2017, 01:26

IMG_2018.JPG

 

A Santa Casa da Misericórdia de Vila Cova, uma vez mais, vai participar e colaborar na Mostra de Lavores e Sabores, que se realizará nos dias 26, 27 e 28 de maio. De entre as ações a que se propõe, a Santa Casa pretende editar uma publicação, em formato simples, de poesia de autores ligados às povoações de Vila Cova, Anseriz, Vinhó e Casal de S. João. A publicação, que se intitulará “Poemas Ao Nosso Jeito”, tem uma única ambição:  dar voz a todos aqueles que demonstrem algum jeito na área da poesia, independentemente de estilos, temáticas ou patamares académicos. A publicação será prefaciada pelo Dr. Nuno Mata.

 

Nuno Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 19 Fevereiro , 2017, 18:10

Em Coja, dificilmente o Vilacovense pontuaria, já que os Cojenses têm manifestado uma inequívoca superioridade  relativamente a todas as equipas. Nada a dizer sobre a vitória do Coja que foi eficaz nas oportunidades de que dispôs, ao contrário do Vilacovense que não deixou de ter oportunidades de alcançar o golo. A criticar a atitude do árbitro que não puniu com cartão vermelho uma entrada em falta ao nosso jogador Paulo, que isolado poderia ter marcado para o Vilacovense. Ficaram dúvidas se o lance já não foi dentro da área do Coja. A salientar o desportivismo das duas equipas, num bom jogo de futebol.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 18 Fevereiro , 2017, 21:36

19725649_bUnDg.jpeg

 

Estranha-se que, até hoje, a comissão de mordomos da Festa de S. João/2017 não tenha dado sinais de qualquer atividade. Que se passa? Seria suposto que algo já estivesse feito, em termos de atividades para angariação de fundos. Conhecendo os atuais mordomos, que em eventos passados deram provas de grande valia organizativa e criativa, surpreende o seu silêncio e passividade.   Será que a tradicional “Festa de S. João” em Vila Cova este ano fica amputada da sua parte lúdica?

Vamos aguardar notícias.

 

Nuno Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 14 Fevereiro , 2017, 15:28

IMG_2093-001.JPG

 

Há um lastro de odores silvestres

Neste reviver de passados em que florias

Na juventude que partilhávamos

Nos beijos que trocávamos e nas libidos em que apertávamos abraços

 

Ávidos de aventuras que nos exultavam os corpos e nos transbordavam etereamente.

 

Hoje, olho pachorrento as águas do Alva,

E os teus cabelos brancos estão espelhados de negro como outrora.

 

E o meu vigor quebrantado ganha alento

Nos reluzes prateados

Do velho caneiro do Salgueiral.

 

 

Nuno Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 13 Fevereiro , 2017, 09:11

IMG_20170203_143258 - Cópia-001.jpg

 

Entregues a um certo mutismo, nem sempre é fácil reverter a habitual atitude passiva de parte de utentes do Centro de Dia. Das atividades que lhes são propostas, nem todas têm o grau de acolhimento desejado, o que implica, por vezes, para que a “animação” resulte, um aturado reforço criativo.  

Mas, neste “study case” à empatia dos nossos idosos octogenários, há situações curiosas e merecedoras de anotação.  Veja-se só o que se passou há dias. Vem o nosso Silvino Lopes com a sua viola, sem disfarçar o seu habitual ar “non conventional”, entra no espaço dos nossos utentes, monta o seu aparato sonoplasta, lança umas larachas, entoa umas gaitadas de um muito seu repertório e, em troca, recebe os maiores sorrisos e aplausos.

E esta, hein?!...

 

Nuno Espinal     


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 12 Fevereiro , 2017, 21:13

Bom jogo do Vilacovense, a contrastar com a exibição menos conseguida de domingo passado. Jogo bem disputado, correto do ponto de vista disciplinar e uma boa arbitragem.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 10 Fevereiro , 2017, 06:13

16508302_595795680604026_3661006747537112098_n.jpg

 

No passado dia 7 ocorreu no Piódão o lançamento oficial das 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias.

 A RTP, como televisão oficial de cobertura deste acontecimento, fez-se representar por dois dos seus apresentadores: Catarina Furtado e Carlos Malato.  

O Município de Arganil acolheu o lançamento do projeto na Aldeia Histórica do Piódão, ao qual se candidatou, em várias categorias, estando Vila Cova do Alva entre as aldeias escolhidas.

Na conferência de imprensa, Ricardo Pereira Alves, presidente da Câmara Municipal de Arganil, referiu que “o lançamento de um projeto desta relevância a nível nacional não podia deixar de ser num local tão emblemático como é o Piódão. Temos 10 aldeias candidatas nesta eleição e vamos aproveitar a plataforma de promoção das 7 Maravilhas para dar a conhecer o melhor de Arganil”.

A presidir a esta cerimónia esteve Eduardo Cabrita, Ministro Adjunto-

 

Manuel Fernandes

 

16602979_595795867270674_2587643247331256557_n.jpg

36-DSCF2851.JPG

 


comentários recentes
os meus sentimentos a família
É COM SINCERA TRISTEZA E DESOLAÇÃO QUE VEJO, TAMBÉ...
ola tenho saudades do meu António neves e um grand...
Estes comentários tão sentidos do Nuno e do Zé, es...
Adeus meu Querido Alberto. Obrigado pela tua amiza...
Meu sentinentmis à famílus.awuele amigo abraço ami...
Como sempre, texto a condizer com a realidade dos...
Tão lindos! Beijinhos e boas férias para todos.
Muito bem.abraço a tds vós amigos de longa data
Fevereiro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

15
16
17

20
21
22
24

27


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds