Clique para Ouvir
publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 31 Julho , 2013, 21:35

 

Já não é a primeira vez que estrangeiros são detidos, em locais da freguesia de Vila Cova, por prática de crimes de droga. Mais um caso a lamentar e Vila Cova a surgir na ribalta por situações menos agradáveis. O artigo que damos a conhecer, aos leitores do Miradouro, (assinado por Rute Melo), vem publicado no diário “as beiras”, na sua edição de ontem, terça feira.

 

«A Polícia Judiciária (PJ) através da Diretoria do Centro, identificou e deteve um homem, pela presumível autoria da prática “de um crime de tráfico de substâncias estupefacientes”.

A detenção, refere um comunicado ontem divulgado pela PJ, ocorreu na zona de Arganil, em Fonte Seca, Vila Cova de Alva, “e foi materializada no âmbito de uma investigação na qual o detido era suspeito de possuir uma plantação de cannabis num terreno cercado por vegetação selvagem, junto da rulote que lhe servia de habitação”.

A PJ esclarece que “na sequência das diligências de recolha de prova que se realizaram, foi possível localizar a apreender esta plantação, devidamente cuidada, tendo sido apreendidos cerca de 168 pés de plantas canabis sativa L, atingindo muitas delas cerca de dois metros de altura”. Foram também apreendidos “três depósitos de mil litros cada, para a rega das referidas plantas, centenas de metros de mangueira, uma balança digital e embalagens com sementes”.

As autoridades localizaram ainda “um contentor (estufa) equipado com sistema de iluminação e ventilação preparado para a produção “indoor” das mesmas plantas”.

Contactada pelo DIÁRIO AS BEIRAS, fonte da PJ de Coimbra esclareceu com o destino provável o tráfico.

O suspeito, de 64 anos de nacionalidade inglesa, estava junto da plantação quando foi detido pelas autoridades. O local onde tinha a produção é inacessível à grande maioria da população e “confunde-se” com a restante vegetação.

O suspeito já terá sido vítima de um roubo e rapto em que o objetivo era roubar as plantas agora apreendidas que, neste momento, se encontravam no estado máximo de maturação.

A viver despojado de quaisquer luxos, na rulote, o detido faria do tráfico o seu modo de vida. A detenção ocorreu no âmbito de uma investigação que vinha sendo desenvolvida pelas autoridades há algum tempo.

Foi presente a primeiro interrogatório judicial tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.»

  


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 30 Julho , 2013, 19:37

 

Um passeio, já tradicional e anual, organizado pela Câmara e que contempla os populacionais já veteranos e utentes das IPSS.

Este ano o passeio foi até “Santoinho”, empreendimento turístico muito visitado, onde é usual decorrer aquele que é considerado como o maior arraial minhoto do país. Situa-se numa antiga quinta de família, localizada na entrada sul da vila de Darque, na margem esquerda do rio Lima, a 5 km de Viana do Castelo.

 De Vila Cova foram uns vinte conviventes, que se integraram num grupo de algumas centenas do concelho.

Uma jornada bem passada, de grande diversão e confraternização.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 29 Julho , 2013, 21:03

 

 

No encontro amigável realizado no passado sábado, no decorrer das festas de verão de Vila Franca da Beira, o G.D. Vilacovense apresentou-se com uma equipa renovada, com jogadores a darem provas de que a época 2013/2014 tem boas perspectivas de vir a ser uma excelente época desportiva.

Até ao final dos 80 minutos o Vilacovense esteve empatado, com golos apontados por Rui Lourenço e Joel Leal e no final do tempo de descontos a partida decidiu-se por grandes penalidades, contabilizando no final o “score” de 7-6, com vantagem do Vilacovense. A última grande penalidade foi convertida por Luís Costa.

Coube assim ao Vilacovense arrecadar o 1º Lugar do encontro celebrado e, consequentemente, erguer a taça vitoriosa.

Já no final do encontro, em bom ambiente entre as equipas e população, foi servido um jantar de confraternização, onde não faltou boa comida e pinga caseiras.

É sem dúvida a terceira parte destes encontros que fazem do Vilacovense um clube diferente, com bom ambiente e gerador de motivação em defender as cores da Instituição, que levam mais longe o nome do Grupo Desportivo Vilacovense.

À Direção do União Desportivo Vilafranquense agradecemos a forma humana com que fomos recebidos, agradecimento este que endereçamos também à população daquela localidade. Um muito obrigado, ainda, pelo convite que nos formularam, fazendo votos para que em breve nos possam visitar.

A todos o nosso muito obrigado!

Saudações Vilacovenses.

 

A Direção do Grupo Desportivo Vilacovense


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 27 Julho , 2013, 11:56

 

 

Mais um livro que nos chega às mãos da responsabilidade de Nuno Mata, este intitulado “50 anos de bombeiros em Coja”.

É uma compilação de artigos saídos na Comarca de Arganil, os quais descrevem factos que estão na origem e retratam aspetos marcantes da história da corporação de bombeiros de Coja.

De entre esses factos registamos os que descrevem a importância que a Sra. D. Natália Leitão e família (da casa do Pinheiral, em Vila Cova) e ainda outros intervenientes vieram a ter pelos seus contributos para que aquela corporação pudesse ter existência.

Eis, em itálico, breves passagens do livro:

O local da construção do Quartel dos Bombeiros de Coja conheceria várias peripécias, com a “intenta condenada a escutar nãos”. “Até que uma viagem a Vila Cova de Alva do Padre José Vicente e de Marcolino de Almeida e a intervenção do pároco local, Januário Lourenço dos Santos mudou o rumo da história…”

“A Sra. D. Natália tendo ouvido o parecer da sua família, designadamente da sua enteada Sra. D. Maria Luísa, declarou que, “(…) acedendo ao pedido formulado pelo Padre José Vicente oferecia o terreno preciso (…) em homenagem à sua enteada falecida, D. Maria Isabel (…). Disse ainda que “(…) tinham o prazer de fazer a oferta no dia em que o grande amigo da família, Sr. Padre Januário Lourenço dos Santos, partia para África, numa viagem de amor que toda a família Leitão patrocinava. (…)”.

“Reconhecendo a generosidade de Natália de Almeida Dias Leitão e de sua enteada, Maria Luísa Simões da Costa Leitão (f.?/11/1985) a Assembleia Geral da Associação, realizada em 28 de Janeiro de 1968, declarou-as sócias beneméritas”.

 

Nuno Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 27 Julho , 2013, 11:53

 

 

A fotografia a fazer lembrar um certo "acordo de salvação nacional" tripartido... que não deu em nada...


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 25 Julho , 2013, 22:46

 

Os principais jornais de Coimbra, o “Diário de Coimbra” e o “Diário As Beiras” dão destaque, nas suas edições de terça feira passada, à inauguração do Parque do Prado em Coja. Os vilacovenses, os residentes e os que rumam a Vila Cova nos meses de férias irão ficar agradavelmente surpreendidos com este espaço de um extenso tapete verde, entre o parque de estacionamento e a ribeira que corre ao longo de Coja.

Segundo o “Diário das Beiras” «os munícipes e visitantes têm à disposição um novo espaço de lazer, destinado à promoção de atividades culturais e à prática do desporto, o Parque Verde Urbano do Prado. O projeto rondou os 400 mil euros, verba suportada em mais de 75% pelo município de Arganil, foi inaugurado no domingo, numa cerimónia na qual foram descerradas duas placas, uma referente à comparticipação da ADIBER, que através do Sub-Programa 3 do PRODER apoiou com 60% a primeira fase das obras, outra referente ao investimento feito pela autarquia.»

Entretanto, o “Diário de Coimbra”, na reportagem sobre esta inauguração, refere que «apesar de as obras estarem concluídas, de acordo com João Oliveira, (Presidente da Junta de freguesia de Coja) “fica a faltar o parque infantil, o Parque de Jogos, mobiliário urbano e um parque para espetáculos”».

Reportando-nos ainda à notícia do “Diário de Coimbra”, o Presidente da Câmara de Arganil, presente na cerimónia, «recordou que o Parque do Prado era “um compromisso eleitoral assumido com os cojenses”, que, face à redução das transferências do Orçamento de Estado, foi necessário “reajustar e fasear”. É uma obra que “abre novas oportunidades para Coja”, disse Ricardo pereira Alves, sublinhando a “nova apetência para a organização de atividades culturais e de animação”. Aliás, já nos dias 16 e 17 de Agosto recebe o Festival Coja 2013 – Músicas de verão. O autarca anunciou ainda a ligação da rua principal ao Parque do Prado, que representa um investimento de cerca de 125 mil euros e irá permitir “melhores condições de mobilidade dentro da vila”, bem como o prolongamento da Variante Sul à rua Principal.»

Conforme noticia o “Diário da Beiras”, «usou ainda da palavra o Presidente da Direção da ADIBER, Miguel Ventura, que se congratulou com a inauguração do Parque do Prado, mostrando-se orgulhoso com a taxa de execução obtida no âmbito do Sub-Programa 3 do PRODER.»

 

Nuno Espinal

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 24 Julho , 2013, 21:37


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 22 Julho , 2013, 23:15

 

 

O Grupo Desportivo Vilacovense, em virtude de um convite formalizado pela União Desportiva e Tuna Vilafranquense, irá deslocar-se no próximo sábado, dia 27 de Julho, à localidade de Vila Franca da Beira, a fim de participar num jogo amigável no decorrer das festas de verão desta vila.

Este é um encontro que, para além de promover a prática desportiva entre equipas, mantém a qualidade física e convívio dos nossos atletas.

 Por outro lado, esta iniciativa será o pontapé de saída para a união de esforços em torno da nova época que se aproxima, no qual é objetivo da direção apresentar uma equipa mais forte e unida, promissora de grandes resultados desportivos.

Para tal contamos com todo o apoio dos nossos sócios, adeptos e amigos do Vilacovense.

A Direção do G.D. Vilacovense

Andreia Paiva


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 21 Julho , 2013, 23:16

 

 

 

Ontem, sábado, foi aniversariante a Sr.ª Dª. Albertina Fonseca (afetuosamente conhecida por Albertinita), que celebrou 85 anos. Hoje, domingo, o Sr. Carlos Oliveira, que passou a contar 72 anos de idade.

Parabéns e desejos de muita saúde e felicidade  aos dois.  


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 20 Julho , 2013, 01:38

 

 

A temática varia de ano para ano. Neste “V Festival das Artes” o tema é a “Natureza”. Bem a propósito, no cenário paradisíaco em que grande parte dos espetáculos ocorre. Nem mais que a “Colina de Camões”, no complexo da Quinta das Lágrimas em Coimbra.

As artes nas suas componentes de música, dança, teatro, manifestações plásticas, cinema e até gastronomia.

Estive presente, nos momentos exaltantes da Companhia Nacional de Bailado, com a “Sagração da Primavera, coreografada por Olga Roriz, do “Sermão de Santo António aos Peixes” do Padre António Vieira, dito exemplarmente pelo ator João Reis e da Orquestra Gulbenkian, que interpretou peças de Stravinsky e Mendelson.

Encontrámos, eu e a minha mulher, e confraternizámos com amigos da “Malta”: o Zé Oliveira Alves, a Guida Figueiredo, a Isabel Madeira e o Jorge Augusto Dias, estes dois vindos de Lisboa propositadamente para assistirem ao Bailado.

Tive ainda oportunidade de cumprimentar na “Colina de Camões” o Professor Coimbra.

Bom seria que mais gente encontrasse, vinda de Vila Cova e concelho.

É que em Coimbra sempre acontecem “coisas”. E de qualidade!

 

Nuno Espinal


comentários recentes
Parabéns Vila Cova do Alva e toda a sua gente.Um g...
eu gostaria muito de estar a ai para ajudar porque...
Também digo em relação à minha terra - "Torroselo...
parabens para a dona natalia e muitos anos de vida
Os meus sentimentos a familia gostava muito desta ...
Já agora que pintem a fachada da igreja...serviço ...
Parabéns, D. Albertina, pelos seus 95 anos e desej...
parabens e muitos anos de vida gosto muito de si
parabéns dª Albertina muito anos de vida pela fren...
Julho 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11

16
18

23
26

28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds