Clique para Ouvir
publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 31 Maio , 2013, 19:27

 

Estive até hoje hesitante sobre se deveria fazer alguns comentários sobre o “VI Encontroda Malta”, receoso de me tornar repetitivo ou até maçador. Mas, dado que as recordações falam mais alto, aqui estou, ainda mal refeito de todas as emoções vividas. Se há valores importantes nos dias de hoje, a amizade é, sem dúvida, um valor que temos que preservar e continuar. E se dúvidas houvesse, a presença deste elevado número de aderentes do nosso encontro de imediato as dissiparia. Não quero cair no lugar comum da lamecha, mas faltaria à verdade se não afirmasse que trago a alma cheia, não só pela ventura de ver os amigos de longa data, mas também pela memória que os lugares e as vivências inevitavelmente me proporcionaram. Seria de supor que da repetição destes nossos eventos começasse a surgir um pouco de desinteresse. No entanto, parece-me que de ano para ano o entusiasmo se redobra e, apenas passados alguns dias deste nosso VI Encontro, já aguardo o próximo com a mesma intensidade. A fotografia da praxe nas escadas do adro da velha Igreja Matriz era já prenúncio de uma tarde de afectos e franca amizade. E que dizer do almoço de confraternização na Senhora da Graça, essa “catedral de verdes naves” que nos acolhe com a sua mágica luminosidade e que foi testemunha cúmplice dos nossos amores e desamores, das horas de ócio, antes duma ida ao rio, à sombra das suas acolhedoras e amenas sombras? Dos vestígios que inscrevemos no velho “teixo” já nada sobra. A secularidade da velha árvore deixou que as marcas se esfumassem. Mas fica a lembrança desses momentos tão intensos de vida e alegria que a nossa juventude impunha. Irmanados deste espírito de recordações, estes nossos encontros reataram os nós que, durante algum tempo, se haviam desapertado. E, se Deus quiser, havemos de os repetir, ano após ano, com o mesmo fulgor e entusiasmo com que até agora os vivemos. Um grande BRAVO ao Nuno e ao Antero que souberam dar a mais esta jornada o brilho que lhe é devido, fruto dos seus inexcedíveis entusiasmos. Um reconhecimento bem sentido à Sra. D. Natália que nos permite desfrutar este local que se tornou já um ícone destes encontros. E mais coisas haverá para agradecer: Jorge Fernandes que imortaliza na tela estes locais que são parte da História de cada um; Henrique Gabriel que soube recriar no cartaz o espírito que envolve a malta, etc., etc. E por último um BRAVÍSSIMO a todos nós que dissemos presente e que juramos a pés juntos que para o ano lá estaremos.

VIVA A MALTA! VIVA VILA COVA DO ALVA!

Abraços. Quim Espiñal      

 

 

                                                                                                                                                                             

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 31 Maio , 2013, 19:01

 

Uma artista vilacovense (mais uma) que só agora (pelo menos para uma grande maioria) se revelou. Trata-se da Srª. D.ª Adelaide Oliveira Alves, residente em Coimbra e ex-professora, já que agora está na situação de reforma.

Surpreendeu-nos! A arte plástica em Vila Cova está de parabéns.  

E força cara amiga. Queremos mais.

 

NE

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 30 Maio , 2013, 20:10


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 30 Maio , 2013, 20:05

 

Eis os jovens dos anos “60”, tidos como o núcleo duro da “Malta”.

E a propósito: Diz o fado que “cabelo branco é saudade da mocidade perdida”.

Saudade?

Talvez, foram tempos lindos.

Mas, mocidade perdida?

Ah, isso é que não.

Ganha e bem ganha.

Ainda hoje  a mocidade continua…

 

NE

 
 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 29 Maio , 2013, 18:39
 

Jorge Fernandes, homem de solidariedades, repetiu o gesto que já tinha manifestado o ano passado. Ofereceu duas telas a óleo, que pintou com motivos de Vila Cova. Durante o almoço da “Malta”, uma foi sorteada e outra leiloada. Quis o destino que uma das telas, a que retrata o portão de entrada da Casa do Convento, fosse parar às mãos precisamente dos proprietários daquela Casa. O outro quadro, com a roda que existia na Várzea da Vila e que era movimentada pelas águas do Alva, foi licitado pelo nosso amigo Engenheiro Fernando Vicente.

 Adquiriu-o porque o pai tinha sido o construtor daquela roda, roda esta que em tempos foi um verdadeiro ex-libris de Vila Cova.

 A receita do leilão foi doada à Irmandade da Santa Casa.

Obrigado Jorge Fernandes. Todos te temos no coração.

 

Nuno Espinal

 

 

 

 

 
 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 28 Maio , 2013, 21:01

 

 

Foi de facto um beijo especial. Testemunhado por todos nós, em momento de confraternização em plena Senhora da Graça. Ambiente idílico, bem à maneira, e uma calorosa salva de palmas, com um brinde de "copo cheio" dedicado ao casal Abílio e Ana Pinto. Nada menos nada mais do que 38 anos de casados! Parabéns amigos.

 

A Malta


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 28 Maio , 2013, 19:16

 

Uma homenagem simples, mas sincera, foi prestada no Domingo, em Vila Cova, a três personalidades a quem os habitantes da Freguesia muito devem, no dizer (e bem) da Presidente da Junta, Dr.ª Cidalina Lourenço, a principal mentora deste tributo.

Os homenageados, Sr.ª Dª. Natália de Figueiredo, de Vila Cova de Alva, Sr. Arménio Santos, de Casal de S. João e Sr. António Pinto, de Vinhó, receberam palavras de agradecimento por toda a obra feita em prol dos interesses de localidades da Freguesia, palavras que lhes foram dirigidas tanto pela Presidente da Junta, como pelo Presidente da Câmara Engenheiro Ricardo Pereira Alves.

Também participaram nestas homenagens, como oradores, a Sr.ª D.ª Elizabete Martins de Casal de S. João e o Sr. Dr. Armando Dinis Cosme, figura de grande prestígio no concelho de Arganil.

 

NE

 

 

 

 

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 28 Maio , 2013, 07:04

 

 

 

 

 

 

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 28 Maio , 2013, 07:00

 

Lindo, lindo, este “VI Encontro da Malta”! De resto, como sempre tem sido.

Convívio de grande proximidade e a amizade a crescer de ano para ano.

A farra e a boa disposição a prolongarem-se com a “Mostra de Lavores e Sabores”. Que o digam as ginjinhas da tenda da Donana.

Então, se não for antes, até ao VII, ouviu-se dizer.

E lá se deram abraços bem apertados, com braços de sinceridade.

 

Nuno Espinal

 

 

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 28 Maio , 2013, 00:31

 

 

A “IV Mostra de Sabores e Lavores” confirmou, uma vez mais, o grande acontecimento que constitui para Vila Cova, proporcionando aos vilacovenses e a todos os que a visitaram, nos seus três dias de duração, momentos de muita diversão, lazer e convívio.

Sucederam-se os agrupamentos musicais e os ranchos folclóricos, com música bem portuguesa e houve Fado de Coimbra, interpretado pelo grupo “Fado ao Centro”, todos a arrastarem muito público, mesmo nos espetáculos realizados de noite, com uma friagem pouco comum em finais de maio.

Os espaços de comes e bebes proporcionaram maior qualidade gastronómica, relativamente a anos anteriores, com petisco e refeições bem concebidas. As barracas de venda de artesanato e outros artigos regionais, ainda que menos, (crise a quanto obrigas) estavam apetrechadas com artigos apelativos, ainda que não tenham realizado, ao que nos foi confidenciado, grande negócio, já que a “austeridade” manifestou a sua influência nos bolsos de eventuais compradores.

Parabéns à Junta de Freguesia, em especial à sua Presidente, por ter levado avante, pela quarta vez, tamanha empresa, para bem dos vilacovenses e do bom nome de Vila Cova de Alva.

 

Nuno Espinal

 

 

 

 


comentários recentes
Parabéns Vila Cova do Alva e toda a sua gente.Um g...
eu gostaria muito de estar a ai para ajudar porque...
Também digo em relação à minha terra - "Torroselo...
parabens para a dona natalia e muitos anos de vida
Os meus sentimentos a familia gostava muito desta ...
Já agora que pintem a fachada da igreja...serviço ...
Parabéns, D. Albertina, pelos seus 95 anos e desej...
parabens e muitos anos de vida gosto muito de si
parabéns dª Albertina muito anos de vida pela fren...
Maio 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13
15

21

27


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds