Clique para Ouvir
publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 27 Fevereiro , 2011, 22:50

 

Com a vitória de hoje sobre o St. António de Alva e a derrota do Alvôco em Vila de Mato o VILACOVENSE sagrou-se campeão da série que disputou. Um feito que inicialmente ninguém, ou quase ninguém, vaticinava.

Estão pois de parabéns os meia dúzia vilacovenses que meteram mãos à obra e à última da hora conseguiram inscrever equipa e jogadores.

Estão também de parabéns os briosos jogadores e treinador do Vilacovense que à custa de um espírito de grupo e entrega notáveis deram uma verdadeira lição pela crença, pela classe e porque provaram que de facto são os melhores.

Parabéns ainda aos adeptos, que sempre apoiaram a equipa e, mesmo na derrota, nunca a esqueceram, tributando-lhe sempre os aplausos merecidos.

Vem aí novas jornadas, agora com adversários de outro gabarito. Tudo vai poder acontecer. Mas, sucedam-se os resultados que se sucederem, os rapazes do Vilacovense vão continuar a merecer o incondicional apoio de todos os adeptos da equipa. Melhor fora se assim não fosse, porque eles são já, incontestavelmente, GRANDES CAMPEÕES!

 

Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 27 Fevereiro , 2011, 20:28

Crónica do jogo mais tarde


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 26 Fevereiro , 2011, 19:30

 

Um dia soalheiro a doirar floridas acácias que se mostram sedutoras ao Alva.

E, com tal encantamento, dou graças por este desfruir de momento e vista.

 

Nuno Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 25 Fevereiro , 2011, 19:26

O Miradouro, por vezes, é uma luta. Nem tudo corre sempre bem e quantas vezes não entramos em “stress” na ânsia de, pelo menos, publicarmos uma notícia ou apontamento por dia.

Hoje, por exemplo, tem sido uma verdadeira odisseia. Problemas ou do “servidor” ou de “sinal ou outro qualquer ainda frustraram-nos as várias tentativas de emitirmos uma publicação.

Finalmente conseguimos aceder. E coincidiu mesmo no preciso momento em que recebemos uma simpática mensagem de uma vilacovense que, presumimos, é nossa visitante habitual. Agradecemos as palavras que nos chegaram em o momento certo, um momento em que delas tanto precisávamos.

Obrigado, Nuno Espinal

 

Queria antes de mais felicitá-lo por "nos" saciar com notícias que tanto nos orgulham e nos deixam saudades. Sou neta de moradores dessa célebre Terra que muito me ensinou, mas que por força da distância pouco tenho tido oportunidade de visitar com maior frequência. Uma terra que tanto nos dá, que tanto nos ensina e que tanta saudade nos deixa.
Com isto, só teremos a agradecer-lhe todo o trabalho que tem em nos manter actualizados porque mesmo á distancia nos interessa verificar tamanha grandiosidade de Terra.
Cumprimentos,
Madalena Lourenço


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 24 Fevereiro , 2011, 07:46

 

 

É verdade que já vamos atrasados. Mas como diz o velho ditado "antes tarde do que nunca". Por isso, Sr. Ramiro Madeira, os nossos Parabéns enviados daqui de Vila Cova para Lisboa pelos seus (feitos ontem) bonitos 84 anos.

Um grande abraço de todos nós daqui da Santa Casa.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 24 Fevereiro , 2011, 07:11

publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 23 Fevereiro , 2011, 08:03

 

Nos meses de Julho, Agosto e Setembro, os que escolhem Vila Cova como destino veraneante criaram o hábito de umas passeatas nocturnas ao longo da estrada, as quais, nos últimos anos, se têm estendido para lá da fonte dos passarinhos até à zona da portela.

Este percurso, de cerca de pouco mais de meio quilómetro, tornou-se como uma ritualização, possuído de um sagrado momento, que é o da paragem, por mais ou menos uma hora, no miradouro fronte das “alminhas”.  

Aí se conversa, aí se soltam gargalhadas, aí se recordam outros tempos, com a escuridão da noite a relevar lembranças e saudades e a imensidão de estrelas a testemunharem o acto.

Mas, tomem lá atenção amigos dessas “movidas corvachas”! O pitoresco que recolhíamos nestas nossas celebrizadas passeatas vai ser uma lembrança das calendas. O escuro, que nos potenciava os ouvidos para as cantorias das miríades de bicharada, passará a ser assunto de histórias do passado, descrito nas nossas crónicas “do como era dantes”.

É que ao longo de toda a estrada, desde o “barranco” até ao caminho para a “redonda”, quinze postes aguardam candeeiros que vão dar luz a rodos à estrada e claro…o  escuro já foi…

Acabam-se as minúsculas lanternas, compradas nos “chinocas” de Coja, e que todos nós, sem exceção, havíamos adquirido para, fugazmente, darmos aos olhos a sua função, em prevenção a insidiosas surpresas pregadas pelo escuro.

Havia um bucolismo nisto tudo. A noite e a escuridão assim o ajudavam. E até as tais lanterninhas, vistas a uma certa distância, aí a uma meia dúzia de metros, passavam bem por cintilantes pirilampos.

Mas pronto! Eis-nos perante o progresso. Assim o quis a Junta e nada a opor. Saudemos a luminária!

Fica-nos, no entanto, no recanto da memória, a recordação da “velha estrada d'outrora”.

Sim! Da velha estrada d'outrora. Porque agora, à noite, com tanta luz e tanta extensão (desde a ponte até à portela) a velha estrada mais se assemelhará a uma avenida. A avenida da nossa saudade…

 

Nuno Espinal   

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 22 Fevereiro , 2011, 07:37

 

De pé: Mota, (Diogo Godinho aos 67 min.) Vitor Travassos, António Pereira, Paulo Sérgio aos 50 minutos) Gonçalo Sérgio, (marcador do golo) Wilson Saraiva e António Cruz (cap.)

1º plano: Kikas, (Sérgio Fonseca aos 75 min.) Pedro, (Bruno Lopes aos 55 min.) Paulo Ribeiro, Fábio Leitão e Tiago Fernandes. 

Nao utilizados: Rui Lourenço, João Antunes, Nelson Amaral

 

 

Vilacovense 1 Bobadela 0

 

Pois é! Quem diria! Formado à pressa, inscrito à última da hora, o Vilacovense não era, no início da época, equipa a quem se pronunciassem os resultados mais favoráveis. Mas, quem assistiu aos primeiros jogos e treinos percebeu que havia ali sumo. Sumo e do bom. E a prova aí está. Eis-los, os briosos rapazes do Vilacovense, na fase final da Taça Fundação do Inatel de Coimbra. Uma equipa que vale essencialmente pelo conjunto, pelo companheirismo e por um espírito de luta que nunca regateia.

Ontem, no jogo com o Bobadela, o Vilacovense tornou a mostrar essas mesmas características. É certo que não esteve tão bem no primeiro tempo e o resultado, que já lhe então já lhe era favorável, não seria o mais justo ao que até aí se tinha passado, podendo considerar-se algo lisonjeiro para os de Vila Cova. Mas, no segundo tempo a equipa subiu o seu meio campo, ganhou as rédeas do jogo e justificou plenamente a vitória, que poderia até ser por mais de um golo, não fosse uma grande penalidade não concretizada.

Uma referência para a exibição do guarda redes Vitor Travassos: Defesas portentosas, a confirmarem a sua classe e o quanto tem sido valioso para os bons resultados da equipa.

Uma palavra final para a arbitragem: Bom trabalho, com realce para o auxiliar do lado dos balneários, que demonstrou atitude e total acerto.

No próximo Domingo a equipa desloca-se a Santo António de Alva, em jogo em que o resultado em nada influirá a sua classificação.  

 

 

Nuno Espinal/Fábio Leitão


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 21 Fevereiro , 2011, 07:59

 

Caros(as) Amigos(as), Juventude de 60-70!

 

Peguem na vossa agenda e reservem desde já o último fim de semana de Maio - 27,28 e 29. Tudo aponta para que o nosso "IV Encontro da Malta 60/70" se realize nesse fim de semana, altura em que terá lugar em Vila Cova a "II Mostra de Sabores e Lavores". 

Estejam atentos ao Miradouro, porque as notícias irão sendo dadas à medida que o programa for tomando forma. Posso adiantar-vos que há surpresas em preparação...

Saudações Vilacovenses!

Grande Abraço para todos(as).

 

Antero Madeira.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 20 Fevereiro , 2011, 18:36

E a passagem à fase seguinte já cá canta!


comentários recentes
Parabéns Vila Cova do Alva e toda a sua gente.Um g...
eu gostaria muito de estar a ai para ajudar porque...
Também digo em relação à minha terra - "Torroselo...
parabens para a dona natalia e muitos anos de vida
Os meus sentimentos a familia gostava muito desta ...
Já agora que pintem a fachada da igreja...serviço ...
Parabéns, D. Albertina, pelos seus 95 anos e desej...
parabens e muitos anos de vida gosto muito de si
parabéns dª Albertina muito anos de vida pela fren...
Fevereiro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

18


28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds