Clique para Ouvir
publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 31 Dezembro , 2008, 23:59

 

Um alívio e um voto. É o que querem dizer estes foguetes e esta algazarra que festejam a partida do ano velho e saúdam a entrada do novo. O espírito de conservação é teimoso. Quantas mais desilusões a vida lhe dá, mais se ilude. Existir não é fácil. É preciso perder diariamente a memória das más horas e renovar diariamente a esperança nas boas.
 
Miguel Torga, no Dário, 1 de Janeiro de 1980 (Coimbra)

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 31 Dezembro , 2008, 02:32

 

Diz o slogan que “tanto em tão pouco tempo só no Basquetebol do Clube PT de Coimbra”.
Acreditamos que sim. E do que também não temos dúvida é que o slogan não deixa de se ajustar em total perfeição ao Pedro Figueiredo. É que o Pedro, filho da nossa Guidinha do Convento, fez-se num instante um categorizado jogador de basquetebol, sendo um dos pilares da equipa de iniciados da PT.
E tanto assim é  que eis o Pedro a ser agora chamado à selecção de basquetebol representativa  do distrito de Coimbra.
Diz quem sabe que o Pedro, na posição ora de base ora de extremo, possui um excelente drible e uma boa visão de jogo.
Parabéns Pedro. Vamos estar atentos ao teu sucesso.
 
 
Nuno Espinal      

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 29 Dezembro , 2008, 23:50

A Tuna de Cantares de Coja vai cantar as "janeiras", no próximo dia 1, entre as 3 e meia e as 4 horas, aos utentes do Centro de Dia. 

A passagem deste grupo vocal e instrumental por Vila Cova integra-se num périplo  que contempla várias localidades vizinhas de Coja. 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 29 Dezembro , 2008, 23:41

O Bucho de Vila Cova de novo em projecção nacional. Desta vez através da revista “TeleCulinária”, na sua edição de 29 de Dezembro. Para além de referências acerca da Confraria do Bucho de Arganil, o jornalista publica alguns apontamentos sobre a história dos buchos de Vila Cova e de Folques.
As referências históricas sobre o nosso bucho coincidem com a versão da Confraria do Bucho mas divergem com as que são correntes na voz dos vilacovenses. A este assunto haveremos de tornar.
Entretanto é divulgada na revista a seguinte receita do bucho de Vila Cova, programada para 8 pessoas:
 
“1 bucho de porco, 250 gramas de lombo de porco,350 g de arroz, 3 dentes de alho, 0;5 litro de vinho tinto,1 folha de louro, salsa q.b., sal e picante q.b. e fio de cozinha
 
Lave bem o bucho. Corte o lombo em cubos, deite-os para uma tigela, junte os alhos picados, o vinho, a folha de louro e um pouco de salsa, tempere com sal e picante e deixe de um dia para o outro.
No dia, misture a carne escorrida com o arroz, envolva bem, recheie o bucho e cosa-o com fio de cozinha. Leve ao lume um tacho com água e o bucho picado com uma agulha e deixe cozer pelo menos durante 2 horas.
Retire do lume, escorra, deixe arrefecer e sirva frio cortado em rodelas, se quiser acompanhado com grelos.”
 
 
Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 29 Dezembro , 2008, 01:18

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 27 Dezembro , 2008, 23:25

 

Gosto de viver a tradição o que é diferente de viver na tradição. Pontualmente e em certas circunstâncias, em relação com o passado, na afirmação das características próprias da comunidade que se integra, do meio ambiente que se vive.
Daí que me desgoste a ausência do velho cepo da Praça. Paciência. De resto, a tradição só o é quando naturalmente vivificada. Quando artificialmente criada, para turista ver, deixa de ser tradição, quando muito uma mera recriação para recreação.
Mas, ainda assim, não me choca o cepo que tem ardido no sítio das tílias. Resquício que já seja de um passado, mas não deixa de me fazer recordar. E lá se encontram, em seu redor, grupos de homens e, por vezes, uma ou outra mulher, tagarelando sobre tagarelices, mãos estendidas ao calor do lume, aquecendo-se do frio que corta. E, se necessário for, o complemento está mesmo ali, a um curto passo. Ali mesmo no “Café da Zira”, com um café bem quentinho ou mesmo um “abafadinho” e outras coisas em “inho”, que são milagrosas para abafar por dentro.
E o cepo lá vai cumprindo a sua função.
Que para mim, aceite-se o paralelismo, ainda que sendo cepo é-o mas em versão minimalista…
 
 
Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 27 Dezembro , 2008, 00:08

 

A Direcção da Filarmónica Flor do Alva vai promover um concerto de fim de ano, que se realizará no dia 28 de Dezembro pelas 15 H, na Casa do Povo de Vila Cova de Alva.
Haverá bar e um sorteio de rifas, as quais já estão já à venda, cujos prémios são um Super Cabaz de Natal, (1º prémio) uma Garrafa de whisky (2º Prémio) e um Bolo Rei (3º prémio).
A organização é da Direcção da Filarmónica Flor do Alva, com o apoio da Santa Casa da Misericórdia de Vila Cova de Alva.
 
 
Notícia: Fábio Leitão

publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 26 Dezembro , 2008, 20:55

Foi porventura a festa para crianças mais conseguida da freguesia. O que nem será de admirar reconhecendo o dinamismo e voluntariado das gentes de Casal de S. João.

Parabéns aos organizadores.

 

Notícia: António Tavares

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 26 Dezembro , 2008, 11:37

 

 

 

Muitos foram os utentes que no Dia de Natal se juntaram a familiares. Mas, nem com todos assim aconteceu. E dirigentes e trabalhadoras do Centro de Dia redobraram-se, para estes, em carinhos e afectos. Um dia especial para uma família especial para a qual deve haver Natal todos os dias.
 
Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 26 Dezembro , 2008, 02:09

 

Noite da consoada: um total silêncio a preencher as ruas desertas. A Praça vazia do saudoso cepo. A Missa do Galo já, há muito, passou a saudade. Resta, na Missa de Natal, o velho presépio e o Beijo ao Menino Jesus, a recordar a tradição. As luzes, em tremeliques às centenas, vão continuar, nestas noites natalícias, a ser um testemunho de que os tempos são bem outros.
 
 
Nuno Espinal

 

 


comentários recentes
Parabéns Vila Cova do Alva e toda a sua gente.Um g...
eu gostaria muito de estar a ai para ajudar porque...
Também digo em relação à minha terra - "Torroselo...
parabens para a dona natalia e muitos anos de vida
Os meus sentimentos a familia gostava muito desta ...
Já agora que pintem a fachada da igreja...serviço ...
Parabéns, D. Albertina, pelos seus 95 anos e desej...
parabens e muitos anos de vida gosto muito de si
parabéns dª Albertina muito anos de vida pela fren...
Dezembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11

18
20

23
25

28
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds