Clique para Ouvir
publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 06 Abril , 2008, 19:36

 

Enquanto aguentou o meio campo o Vilacovense manteve o jogo em equilíbrio, chegando até a perspectivar a possibilidade de poder arrecadar uma vitória.
Perspectiva essa que não foi mera miragem, já que, após marcar o seu segundo golo, com que empatou a partida, a equipa de Vila Cova parece te acreditado, ganhou o domínio do jogo e assenhoreou-se da grande área da equipa adversária. E foi neste período que chegou mesmo a marcar um terceiro golo, que acabou por ser invalidado por um erro grosseiríssimo do fiscal de linha. Não temos por hábito fazer excessivas referências aos erros cometidos pelas equipas de arbitragem. Só que, neste caso, acentuamos este erro porque acabou por ser decisivo para o resultado do jogo. É que temos a pura convicção de que o Vilacovense, caso este golo fosse validado, teria ganho o jogo. E foi desde esse momento que os jogadores perderam força anímica, a equipa perdeu o meio campo e os de Alqueidão marcaram mais dois golos, selando uma vitória que, no cômputo do futebol praticado nos noventa minutos, se acaba por justificar.
Saliência para o grande número de adeptos que o Vilacovense reuniu, mais uma vez, à sua volta. Adeptos que, exaltados e indignados com o golo anulado, fizeram o bandeirinha ouvir das “boas”.
Saliência ainda para empenho e entrega dos jogadores e um destaque para os dois golos obtidos por Marco Paulo. 

 
Constituição da equipa:

Guarda Redes : Paulo Henriques
Defesas: Kikas, António Cruz, Bruno Brito e Fábio Leitão (substituído aos 75 mm por António Antunes);
Médios: Paulo Freire, Hugo Ferreira, David Coelho e Marco Paulo (Cap.) substituído aos 87 minutos por Bruno Santos.
Avançados: Cleve ( substituído aos 35 por Gonçalo Lobo) e Paulo Ribeiro
Suplente não utilizado: Helder Esculcas
 
Directores presentes: Carlos Antunes, António Leal, José Manuel, Luís Manuel, Renato e Antonio Lourenço.
 
Treinador: Carlos Gomes
 
Próximo jogo do Vilacovense: dia 13 domingo em Seixo da Beira
 
 
 
Nuno Espinal/Fábio Leitão (ficha técnica)
 

 

 


comentários recentes
os meus sentimentos a família
É COM SINCERA TRISTEZA E DESOLAÇÃO QUE VEJO, TAMBÉ...
ola tenho saudades do meu António neves e um grand...
Estes comentários tão sentidos do Nuno e do Zé, es...
Adeus meu Querido Alberto. Obrigado pela tua amiza...
Meu sentinentmis à famílus.awuele amigo abraço ami...
Como sempre, texto a condizer com a realidade dos...
Tão lindos! Beijinhos e boas férias para todos.
Muito bem.abraço a tds vós amigos de longa data
Abril 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

18


28


pesquisar neste blog