Clique para Ouvir
publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 25 Agosto , 2016, 06:56

1-1.jpg

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 24 Agosto , 2016, 10:39

20160811_125029.jpg

Dúvidas não há de que, nos tempos de hoje, nada é como d’antes.  Circunstâncias diferentes, tanto ambientais como pessoais, a marcarem diversidades. Mas, na “Malta”, que colora Vila Cova em cada ano neste mês de agosto, mantém-se um espírito folgazão, um tanto de espécie coimbrã, reminiscências por certo dos tempos académicos da juventude. E isto, pese embora as idades pré e já septuagenárias de quase todos.

Os dias passados neste modo veraneante têm no “escuro” o principal ponto de encontro. Mas, o convívio também vai acontecendo, em passeatas que se organizam, com destinos que, nos arredores, se escolhem por restaurantes simpáticos, por lugares aprazíveis, nas serras circundantes, na barragem da Aguieira, ou em convidativos sítios fluviais do Alva ou do Ceira.   

Estes dias passados em agosto são curtos. Uma ou duas semanas e não mais. Mas, vão dando para matar saudades. E nos abraços de despedida o reforço das amizades

 Mais um ano e mais um agosto que já se presta a ser passado.

 

Nuno Espinal

 

IMG_1988.JPG

 

IMG_2001.JPG

 

IMG_2007.JPG

IMG_2003.JPG

DSC08804.JPG

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 22 Agosto , 2016, 08:40

20160820_220251.jpg

 

Conforme anunciava o cartaz promocional, o objetivo de topo era a confraternização, a pretexto de ingredientes chamativos, tais como o “Grupo Etnográfico”, à cabeça, e ainda um Grupo de Fados e a sardinhada.

Tudo junto proporcionou uma adesão de público considerável, com as cerca de cem cadeiras disponíveis, para os convivas comensais, a serem ocupadas na totalidade, para além de um grupo de muitos espectadores, sentados nas tílias ou mesmo em pé no terreiro fronteiro à Casa do Povo.

Realce-se o convívio e a animação. Em cheio, com os da “Malta”, como lhes é apanágio, em grande estilo, a contagiarem os demais com a sua alegria e refinado humor.

Cantaram os “artistas” e cantou o público presente, em muitos dos fados e com um coro monumental na nossa “Ó Vila Cova Adorada”.

E ouviu-se de um dos fados: “Cheira bem, cheira a Lisboa”. Ora, se o verso reclama para Lisboa bons odores (o que nem sempre acontece), os bons odores da confraternização de sábado vão inteirinhos par os habituais ares lavados da nossa Vila Cova e, na circunstância, para os que se soltavam das sardinhas assadas, bem rechonchudas e saborosas.

Sardinhas que foram assadas, impecavelmente, pelo amigo Sr. Silvestre e pelo impagável Sr. Fernando (vulgo Chalana).

Gastronomicamente falando, tudo funcionou em pleno, o que nem é causa de espanto, já que os serviços associados tiveram a conduta e a operacionalização de competentes senhoras, como são as componentes do Grupo Etnográfico. Uma palavra justa e de reconhecimento para a funcionária da Santa Casa Isabel Lourenço que, com o seu saber e experiência, foi fundamental na organização dos serviços da cozinha.

Uma outra palavra no rol das apreciações de reconhecimento, direcionada para os dois competentes técnicos de “sonoplastia” que, sem máculas, conduziram na perfeição os adequados “decibéis” da nova aparelhagem sonora, nomeadamente, Rui Lourenço e José Santos.   

Por fim, o registo da presença da Dr.ª Paula Dinis, vereadora da Cultura no nosso Município. Resistiu, até ao fim, afrontando o frio que se fez sentir a partir das onze horas e deixou-me um comentário que transmito a todos os Vilacovenses, especialmente aos componentes do Grupo Etnográfico:

“Gostei muito do vosso Grupo de Danças e Cantares de Roda. Muito interessente. Sem dúvida que serão importantes para a afirmação da Tradição e Cultura da região. “  

 

Texto: Nuno Espinal

Fotos: José Artur Leitão e Fernanda Caetano

 

20160820_215936.jpg

 

20160820_205001.jpg

 

20160820_224226.jpg

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 20 Agosto , 2016, 09:42

IMG_1291.JPG

 

Depois de uma atuação no Barril, na Quinta do Ortigal, com a peça “Bonifácio o Sultão”, os Gorgulhos vão dispor, nos dias 20 e 21 de agosto, em Anceriz, durante as festas naquela localidade, de uma barraquinha com jogos tradicionais – jogo das latas e jogo das argolas.

Depois, vão estar presentes, nos dias 29 e 30, sempre às 14h e 30m, respetivamente em Arganil (Biblioteca) e Coja (Casa do Povo), com a peça “Mosca & Bigodes… em o Mistério do Papa-Formigas.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 17 Agosto , 2016, 17:34

Publicação1.jpg

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 16 Agosto , 2016, 16:59

SAM_0947-001.JPG

 

A Sr.ª. Dª. Lídia Jorge Antunes, nossa utente do Centro de Dia, fez ontem 82 anos de idade. Apagou as velas do bolo de anos com o seu admirável sorriso de sempre.

Que conte muitos mais anos e os partilhe com todos nós, na base de uma excelente amizade e com muita saúde.

Beijos de todos nós, Dª. Lídia.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 15 Agosto , 2016, 20:49

Está marcado para amanhã, às 12 horas, o funeral do Sr. Hilário dos Santos, que partirá para o cemitério de Vila Cova, sendo antes celebrada Missa de Corpo Presente na Igreja Matriz.

O velório será feito na Casa Mortuária.

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 15 Agosto , 2016, 18:24

É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do Sr. Hilário Fernando dos Santos, de 80 anos de idade, natural de Vila Cova, casado com a Sr.ª Dª. Maria de Lourdes Silva e pai do Sr. Carlos Manuel Ramos Fernandes e das Sr.ª (s) Dª. Ana Maria Ramos Fernandes e Dª. Maria Luísa Ramos Fernandes.

Apresentamos à família as nossas condolências.

Entretanto, aguardamos referências sobre as horas de velório e funeral.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 14 Agosto , 2016, 07:19

IMG_1978.JPG

 

Um rosto, com traços muito adolescentes, que não engana. De facto, tem apenas 21 anos de idade. Mas, pese embora a fresquidão da idade, em termos académicos já é titular de uma licenciatura: a licenciatura em Ação Social, obtida na Universidade de Coimbra. Trata-se de Mónica Ferreira, a nova “doutora” do Centro de Dia que, em regime estagiário, substitui a Dr.ª Andreia Tavares que, de "motu" próprio, rescindiu o seu contrato em acordo bilateral com a Santa Casa.

Para as duas os nossos desejos das maiores felicidades.   


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 11 Agosto , 2016, 08:17

SAM_0941.JPG

Um simples bolo. Não mais do que um simples bolo.

Mas, se de sofisticados recursos carecia, de especiais saberes excedia.

Os saberes acumulados de anos de vida somados.

 

Um simples bolo. Não mais.

Mas quanto riqueza continha!

De saberes e sabores.

E tão sabiamente saboroso!

 

 

Nuno Espinal

Fotos: Mónica Ferreira

 

SAM_0942.JPG

 


comentários recentes
Caro Doutor: De acordo! Um pequeno senão. Porque u...
Momento histórico para o futebol português! Que gr...
Caro ColegaInteiramente de acordo com o seu texto,...
Bem merecida a homenagem feita ao bom amigo. Padre...
eu gostava muito de estar presemte mas nao posso e...
Noite de excelência pelo trabalho dos nossos amigo...
Contemplações comoventes como comovente é a tradiç...
Boas noites, é verdade que vai ficar melhor mas va...
parabens filarmonica de vila cova de alva o meu pa...
eu já não estou ai há dois anos mas estivesse eu i...
Agosto 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

18
19

21
23
26
27

28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds